Olhar Direto

Sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Notícias / Política MT

“Pode me rodopiar e virar de cabeça pra baixo”, dispara Mendes sobre pagamento da Lei da Dobra

Da Redação - Érika Oliveira

09 Ago 2019 - 08:00

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

“Pode me rodopiar e virar de cabeça pra baixo”, dispara Mendes sobre pagamento da Lei da Dobra
O governador Mauro Mendes (DEM) reafirmou que não irá conceder novas propostas para os servidores da Educação que ainda estão em greve. Nesta sexta-feira (09) o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) se reúne mais uma vez para decidir se irá acatar ou não a ultima oferta do Governo, que condicionou o cumprimento da Lei 510, conhecida como ‘Lei da Dobra’, ao reenquadramento do Estado na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Leia mais:
Governo apresenta nova proposta para fim de greve e Mauro avisa: “é a última”

“Essa história já esgotou. Deu! A regra é clara, já diziam os comentaristas do futebol. Existem leis que mandam mais que as outras e isso todo cidadão, por menor que seja o conhecimento que ele tenha, tem que saber que as constituições federais mandam mais que as estaduais quando elas são pertinentes ao mesmo assunto. Então pronto! Nós vamos cumprir a lei. Eu vou dizer, como sempre disse, pode me rodopiar, virar de cabeça pra baixo, fazer greve, que eu vou dizer a verdade que é absoluta e não tem outra: nós estouramos a LRF e isso traz consequências”, disse Mauro Mendes, na tarde desta quinta-feira (08), ao ser questionado sobre o encaminhamento do Governo caso a greve seja mantida.

Pelo menos 40% dos profissionais da Educação do Estado permanecem paralisados e com seus salários cortados há mais de 70 dias. No início da semana o governador anunciou a possibilidade de abertura de um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para demitir estes servidores.

No último dia 30, a Justiça declarou o movimento abusivo e determinou o imediato retorno sob multa diária de R$ 150 mil. Mesmo assim, o Sindicato deliberou por não recuar da paralisação.

Depois de reunião com deputados estaduais, Mendes informou que todo espaço fiscal aberto abaixo de 49% da Receita Corrente Líquida (RCL) será usado para a concessão da RGA e dos aumentos remuneratórios na seguinte proporção:

A) 75% do espaço aberto para a RGA de todas as categorias do Poder Executivo
B) 25% do espaço aberto para os aumentos remuneratórios já concedidos por lei

Na mesma proposta, o Governo deu um exemplo de como irá funcionar: se houver espaço fiscal de R$ 100 milhões (diferença apurada entre o índice de gastos com pessoal e os 49% previstos na LRF), serão projetados os impactos da RGA dentro de R$ 75 milhões e dos aumentos remuneratórios no patamar de R$ 25 milhões.
 
 

30 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Nery Freire
    10 Ago 2019 às 19:45

    TEM QUE PENSAR E REPENSAR ESSA REPULSA DO GOVERNADOR SENTE,PELOS PROFESSORES, TALVEZ SEJA TRAUMA DE INFANCIA,ALGUM PROFESSOR DEVE TE-LO TRATADO MAL, TALVEZ UM PSICOLOGO RESOLVESSE ESSA SITUACAO.

  • Amilton patriota
    10 Ago 2019 às 10:58

    Perfeito!! PAD nesses baderneiros que parecem " anarquistas".... Muito são péssimos ( ñ é regra) professores, sem comprometimento. Cheha disso!!! Tmj GOBERNADOR. Uma ressalva uma minoria está em greve. Aff!! Quando vejo os chefes do sindicato dando entrevista é vergonhoso. PÁTRIA, SELVA, , MT BRASIL. " ame ou deixeo"

  • Cezar
    09 Ago 2019 às 18:48

    Três meses de greve e para nada! Prejuízo para os estudantes que teram dificuldade para obter conhecimento.

  • Mar
    09 Ago 2019 às 18:40

    Senhor Observando, observe mais, leia mais, estude mais, se informe mais sobre os direitos dos servidores, seja mais paciente, tente mais e mais e mais vezes, um dia Deus irá te abençoar e vc irá passar em um concurso, mas faça por merecer viu... há, eu estive e contino na todos professores que tem e merecem o meu respeito.

  • Revoltado
    09 Ago 2019 às 17:34

    Mauro Mente, se o o teto de responsabilidade é 49%, e se já está com 58%, então já deveria ser caçado, pois já ultrapassou mesmo, qual a diferença, de ultrapassar mais um por cento?

  • to de olho
    09 Ago 2019 às 16:06

    Governador vamos aproveitar a deixa e criar umas Leis tipo, empresa não precisa respeitar as Leis trabalhista, como não dar reajuste salarial, pagar salários quando quiser, 13º parcelado a perder de vista, não ser obrigatório fornecer equipamentos e materiais para uso no trabalho, trabalhador irá trazer de casa, não ser obrigado a pagar parte do FGTS e outros mais, e acabar com mais algumas Leis trabalhista que só prejudica o empresário, e caso o empregado ache ruim ou não aceite, criar uma Lei que possa manda-lo embora, sem direito nenhum, para dar vaga a realmente quem precise, vamos acabar com esses diretos que esses sindicatos conseguiram afinal, sindicato é de esquerda!

  • Observando
    09 Ago 2019 às 15:03

    Está com pena dos professores "Mar" então vai lá e fique com eles na "luta". Qual a diferença entre os professores e o restante dos outros servidores do executivo...Se você for bem informada mas creio que não ninguem recebeu o RGA e nem tem previsão de receber e nem por isso os outros servidores estão em greve. E pelo amor de deus não venha com demagogia dizendo que seus filhos precisam dos professores...ou você aprendeu a ler e escrever com outro profissional? Se não tem argumento para questionar a opinião das outras pessoas que não pensam igual a você pelo menos a respeite. Ainda vivemos em uma democracia!

  • quem perde é o pobre
    09 Ago 2019 às 14:27

    Só sei que dessa greve...quem ta sendo prejudicado unicamente é o filho do pobre que ainda tem esperança de se formar e ser uma pessoa bem sucedida na vida...pq o saber é o nosso maior tesouro e isso ninguem toma...enquanto aos que dizem que o governo deve pagar e tudo mais tenham um pouco mais de paciência gente o governo mal começou o Brasil ta quebrado com tanta roubalheira dos antigos governos. comecemos por nos a mudança.

  • Marinalva da Caixa
    09 Ago 2019 às 13:48

    Gente, não adianta. Lei de responsabilidade fiscal é Federal, superior a lei estadual, da dobra. Não tem dinheiro. Voltem a trabalhar, antes de exoneração por justa causa.

  • valda
    09 Ago 2019 às 13:09

    como os gestores roubam milhoes e ate bilhoes do dinheiro publico e nao ultrapassam nenhuma lei. educaçao tem que ser prioridade, educaçao melhor , corrupçao menor.

Sitevip Internet