Olhar Direto

Domingo, 08 de dezembro de 2019

Notícias / Cidades

“Queremos Justiça, porque uma vida não tem preço”, cobra pai de menino atropelado por esposa de ex-deputado

Da Redação - Wesley Santiago

12 Ago 2019 - 12:12

Foto: Varlei Cordova/AgoraMT/Reprodução

“Queremos Justiça, porque uma vida não tem preço”, cobra pai de menino atropelado por esposa de ex-deputado
Justiça. Este é o pedido de Marcos Souza da Costa, de 30 anos, pai de Daniel Augusto Silva, três anos, morto após o acidente com a caminhonete dirigida pela digital influencer e esposa do ex-deputado federal Adilton Sachetti (PRB), Lidiane Campos, que culminou na morte do menor, no último domingo (11) de Dia dos Pais., em Rondonópolis (215 quilômetros de Cuiabá). “Uma vida não tem preço”, desabafou.

Leia mais:
Digital influencer, mulher de ex-deputado deve se apresentar nesta segunda; criança morreu em acidente
 
Ao Olhar Direto, Marcos disse nesta segunda-feira (12) que pegou o filho no sábado com a mãe, para que os dois passassem o final de semana jutos. No domingo, resolveram ir até o horto para se divertirem em família. “Estávamos voltando e aconteceu isto. Ela invadiu a preferência e meu filho se foi”.
 
“Como pai, quero Justiça, que ela pague pelo que fez. Meu filho não vai voltar, mas uma vida não tem preço. Quero que pague. Até agora, não deram nenhuma assistência, como estão dizendo. Estamos arcando com tudo, mas também não queremos”, disse o homem com a voz embargada.

O corpo da criança está sendo velado na União Familiar, Funerária São José, Vila Operaria, em Rondonópolis. O enterro está marcado para acontecer às 15h30 no Lourencinho.
 
Ao Olhar Direto, o advogado da digital influencer, Wilson Lopes, disse que deve apresentar sua cliente na parte da tarde. Pessoas próximas apontaram que ela está bastante abalada por conta do ocorrido.
 
O caso
 
A criança de três anos morta no acidente foi identificada como Daniel Augusto Silva. Dayane Palmeiras dos Santos, 35 anos, e o pai do garoto, Marcos Souza da Costa, 30 anos, ficaram feridos.
 
Conforme as informações do boletim de ocorrências, a esposa do ex-deputado seguia em uma Toyota Hilux quando chegou ao cruzamento das duas avenidas. O casal e a criança vinha em uma motocicleta, que acabou atingida pela caminhonete.
 
A suspeita, segundo testemunhas, é que a caminhonete tenha invadido a preferencial. Os ocupantes da motocicleta foram arremessadas por conta da colisão, sendo que a criança não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do Hospital Regional de Rondonópolis.
 
O casal foi socorrido por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A caminhonete foi abandonada pela esposa do ex-deputado atrás de um supermercado nas proximidades de onde ocorreu o atropelamento.

21 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • nelson picket
    14 Ago 2019 às 02:33

    Antes que comecem os mi mi mis, não estou protegendo a madame afortunada mulher de ex-politico e muito menos defendo a ideias de que os pais foram vitimas, vejam bem os pais foram vitimas de acidente de transito, porém tiveram culpa também no desfecho e no resultado do acidente que vitimou o próprio filho, a vitima real foi apenas a criança de 3 anos, que aliás foi vitima por 2 vezes seguida, vitima da imprudência dos pais e vitima da imprudência no transito, todos devem responder na medida das suas culpas os "pais" e a "madame"!

  • Deisi
    13 Ago 2019 às 09:26

    Sr William, sim, o acidente poderia ter ocorrido ainda assim devido a velocidade da imprudente motorista, porém se a criança não estivesse na moto nao teria morrido né?! Tanto é que os adultos estão bem! Se for ver por esse lado, e capacete acho que nem tem justamente por ser criança e ser proibido andar em moto, mas caso tivesse, talvez teria a salvo. No mínimo culpa concorrente aí. Ela imprudente, e o pai, negligente sim! Fato! Vamos cuidar dos nossos, porque cuidando já é arriscado, e sim, com ela não vai acontecer nada. Sinto muito pela perda da família!

  • Janinha Gusmão
    13 Ago 2019 às 09:13

    O cara Põe criança na moto de maneira irresponsável e quer justiça? O sr e a pseudo digital INFLUENCER deveriam estar presos.

  • Milton MORADA DA SERRA
    13 Ago 2019 às 07:26

    Se quer mesmo justiça Marcos, vc vai preso por ser irresponsável com seu próprio filho levando numa moto com três pessoas. Vc é o maior culpado.

  • Milton MORADA DA SERRA
    13 Ago 2019 às 07:26

    Se quer mesmo justiça Marcos, vc vai preso por ser irresponsável com seu próprio filho levando numa moto com três pessoas. Vc é o maior culpado.

  • Alex
    13 Ago 2019 às 01:44

    Uma tragédia que resultou na morte de uma criança de 3 anos. Ao que parece, fruto da imprudência de três adultos. Um que dirigia o veículo e os pais que transportavam uma criança de 3 anos de moto, o que é proibido por lei. E ainda por cima sem capacete.

  • Milton MORADA DA SERRA
    12 Ago 2019 às 21:16

    Concordo com o sr Marcos. Mas vc também tem que responder criminalmente, por conduzir criança de três anos no meio da moto. O senhor é o maior culpado.

  • pedro
    12 Ago 2019 às 16:45

    Criança de 3 anos pode andar de moto??? ou ainda! Pode 3 pessoas em uma moto???

  • Willian
    12 Ago 2019 às 15:11

    Mais uma vez nota-se a defesa ampla dos afortunados! Agora a vítima virou a culpada e a culpada virou a vítima. Parem com essa arrogância. Mesmo que estivesse apenas o condutor na moto, não justifica a irresponsabilidade e a não prestação de socorro pela condutora da caminhonete. a fim de evitar o flagrante. É conhecedora das leis vigentes, e que vai sair ilesa disso. O próprio marido dela, como nobre político, deveria dar o exemplo e apresentar a esposa a policia, para pagar pelo seu erro.

  • jose a silva
    12 Ago 2019 às 14:34

    Pois é pai, pode ficar com a consciência pesada, pois você tem uma parte de culpa nisso aí, nessa infeliz tragédia! Motoqueiro já é um perigo e sem tomar cuidado, conhecendo que a via é perigosa, mesmo se tivesse a preferencia, a moto sendo menor tem que tomar muito mais cuidado!

Sitevip Internet