Olhar Direto

Sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Notícias / Política MT

Medeiros solicita envio de sementes da Floresta Amazônica à Europa

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

13 Ago 2019 - 09:53

Foto: Rodrigo Pertoli - Câmara dos Deputados

Medeiros solicita envio de sementes da Floresta Amazônica à Europa
O deputado federal José Medeiros (Pode), vice-líder do Governo Jair Bolsonaro (PSL) na Câmara, apresentou indicação à Presidência da República, nesta segunda-feira (12), sugerindo ao Planalto a execução de um plano autorizativo para que sejam enviadas estoques de sementes de árvores amazônicas para a Europa.

Leia também
Senado prepara nova PEC para incluir estados e municípios na Reforma da Previdência


O intuito, segundo o parlamentar, é a execução de um projeto amplo de reflorestamento mundial. "É salutar que os países europeus tenham esse senso coletivo tão aguçado que se permitam desfocar das questões prioritárias individuais para voltar seus olhos para a política ambiental do Brasil. Então, sugiro uma corrente em prol do reflorestamento com participação do Brasil no envio de sementes para a Noruega, Alemanha e Franca. Esperamos que eles consigam fazer a reposição pelo menos de parte das florestas que destruíram em seus territórios para alcançarem o desenvolvimento atual", justificou.

A ação de Medeiros ocorre depois de críticas recentes, como a da ministra do Meio Ambiente da Alemanha, Svenja Schulze, que questionou a política ambiental brasileira. "A política do governo brasileiro para a Amazônia gera dúvidas sobre a continuação de uma redução sustentável do índice de desmatamento".

Outro ponto que também causou divergência, desta vez com o ministro do Clima e Meio Ambiente da Noruega, Ola Elvestuen, foi quanto à utilização do Fundo da Amazônia. Para Medeiros, a preocupação seletiva dos representantes de alguns países causa estranheza. 

"De repente a Marina Silva e outros ativistas locais, por algum motivo, ficaram encantados ao ouvirem o discurso desse pessoal. É importante ressaltar, que o atual governo brasileiro já mostrou que tem como norte de suas decisões unicamente o interesse nacional. Creio que a ideia das sementes é a  oportunidade para que eles (europeus) consigam demonstrar ao mundo a preocupação planetária com o meio ambiente. A Noruega tem condições de fazer mais pelo meio ambiente e esperamos isso dela assim que as sementes forem enviadas. Só não enviamos para o Vaticano também porque só possuem uma área 44 hectares. Seria exigir demais e temos bom senso em relação a isso", disse. (Com assessoria)

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Anderson
    13 Ago 2019 às 13:11

    Como conseguimos ser tão mau representados na Câmara. O cara força a barra na ignorância.

  • MARIA TAQUARA
    13 Ago 2019 às 12:06

    Então PaPa Gali! Como alguém com um nível tão raso de raciocínio deste está decidindo sobre questões da sociedade? Esse senador é um fracasso, quando os europeus lerem isso vão rir litros da chacota! Fora a burrice, o que ele prestou de serviço para o estado de MT? Alguém sabe?

  • Papa Gali
    13 Ago 2019 às 11:55

    Ele quer que plantem espécies da Amazônia na Europa? Fugiu da escola, será? O clima lá é diferente, criatura. Aulas de Geografia nele, por misericórdia!

Sitevip Internet