Olhar Direto

Quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Notícias / Cidades

Vídeo mostra força-tarefa entrando na PCE durante a madrugada; presos ameaçam reagir com 'salve'

Da Redação - Fabiana Mendes

14 Ago 2019 - 14:24

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Vídeo mostra força-tarefa entrando na PCE durante a madrugada; presos ameaçam reagir com 'salve'
Acontece em total sigilo desde a última terça-feira (13) uma operação na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, com o objetivo de fortalecer as ações de enfrentamento a crimes que possam ser cometidos dentro da unidade penal, além de se antecipar a possíveis atos delituosos. 

Até o momento, nenhum relatório de ações foi divulgado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp). Um vídeo que circula nas redes sociais mostra uma força-tarefa entrando no presídio durante a madrugada.

Leia mais:
Áudios apontam suposto ‘salve geral’ em Cuiabá após ‘limpa’ em celas da PCE; ouça

O presidente da Comissão de Direito Carcerário da OAB, Waldir Caldas, disse ao Olhar Direto que, na terça-feira (13), aconteceu uma reunião que contou com a presença do secretário adjunto de Administração Penitenciária Emanuel Alves das Flores, o juiz da Vara de Execuções Penais, Geraldo Fidelis e o secretário-geral da OAB-MT, Flávio Ferreira.

No entanto, eles não conseguiram os esclarecimentos necessários e exigidos com a finalidade e justificativa da operação. A visita de familiares e até mesmos dos advogados e defensores públicos está suspensa por uma semana. Os advogados foram pegos de surpresa, já que não houve nenhuma notificação prévia da suspensão. “Nós não temos informações, que não sejam as informações do Estado. do que está acontecendo na PCE”, disse Waldir. 



Na tarde desta quarta-feira (14), está prevista uma nova reunião com o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, na sede da Pasta. 

A operação iniciou com revista minuciosa em todos os raios e celas da unidade prisional. Serão verificadas também as condições estruturais da área da carceragem e feita a retirada de produtos que estão em desconformidade com o Manual de Procedimento Operacional Padrão do Sistema Penitenciário. 

A secretaria esclareceu ainda que não houve intercorrência nas atividades de revista e tampouco foram registradas agressões ou morte. Mais cedo, familiares começaram a se desesperar após boatos de que poderia ter havido um princípio de motim dentro da unidade.
 
Os presos acabaram se 'revoltando' por conta da limpeza e fizeram bastante barulho batendo nas grades. Este também foi um dos fatos que chamou a atenção de familiares. Não há, por enquanto, registro de apreensão de materiais ilícitos, como celulares e entorpecentes. Um balanço parcial do que foi retirado das celas será divulgado posteriormente.



A operação é realizada apenas na Penitenciária Central do Estado, não sendo estendida e nenhuma outra unidade no interior ou mesmo na Capital.

Áudios apontam suposto ‘salve geral’ 

Áudios que circulam pelas redes sociais apontam para a possibilidade de um novo ‘salve geral’ em Cuiabá. As mensagens começaram a circular na última terça-feira (14), após um limpa ser feito dentro da PCE. A Secretaria de Segurança Pública (Sesp) informou que os envolvidos serão responsabilizados criminalmente.

Em um dos áudios, uma pessoa não identificada diz para que todos fiquem atentos, porque um salve está chegando a qualquer momento. “Esta máquina opressora, cada dia mais oprimindo nossos irmãos. Toda a família CV [Comando Vermelho], principalmente a de Mato Grosso. Dentro da PCE, as coisas estão ficando loucas. O bagulho vai ficar louco na rua também. Peço atenção de todos. Quem não quiser cair, que se deite. Vai ter resposta. Só estamos esperando um aval da hierarquia maior. Assim que o aval chegar, peço a compreensão de todos”.
 
 

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Zeca
    14 Ago 2019 às 17:26

    Esse tipo de atentado, deve ser punido com pena de morte aos organizadores. Sejam os de fora ou os que estão presos. Daí acabava de vez com essa história de presidiário comandar atentados contra patrimônio, pessoas e autoridades.

  • Amanda Stuart
    14 Ago 2019 às 16:48

    Deveria fazer como fizeram Carandiru onde já se viu isso marginais mandar em força policial

  • POLYANA
    14 Ago 2019 às 16:38

    ESSA REVISTA TINHA QUE SER TODA SEMANA, FACA NA CAVEIRA .

  • vilmar
    14 Ago 2019 às 15:52

    BANDIDO E OVIDO PELOS OAB DIREITOS HUMANOS E QUEM E O NESTO ELES VIRAO A CARA SERA PORQUE NAO DA IBOP O MIDIA

Sitevip Internet