Olhar Direto

Sábado, 21 de setembro de 2019

Notícias / Cidades

Probabilidade de chuva é nula até o próximo sábado e raios UV atingem nível ‘muito alto’ em Cuiabá

Da Redação - Isabela Mercuri

18 Ago 2019 - 14:55

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Probabilidade de chuva é nula até o próximo sábado e raios UV atingem nível ‘muito alto’ em Cuiabá
Ar seco, sol a pino, calor escaldante. Esta é a realidade de Cuiabá no mês de agosto e, ao que tudo indica, vai continuar assim por um bom tempo. Até o próximo sábado (24), pelo menos, a probabilidade de chuva é nula, e o índice de raios ultravioletas fica entre 9 e 10 – muito alto e perigoso.

Leia também:
Incêndio já consumiu 11% do Parque Nacional; bombeiros usam 4 aviões no combate

De acordo com o Centro de Previsões de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), a probabilidade de chuva sai do zero somente no próximo domingo, dia 25 de agosto, quando ela aumenta para 5%. As chances continuam de apenas 5% até o último dia do mês, 31 de agosto.

O calor também não deixará os cuiabanos em paz. Se a sensação térmica deste domingo (18) é de 36 graus Celsius, a temperatura máxima atingirá os 38ºC no sábado (24) e, até o final do mês, o dia mais ‘fresco’ será domingo (25), com mínima de 17ºC e máxima de 32ºC.

Vale lembrar que Cuiabá já bateu cem dias sem chuva no último sábado (17) e, quando ela finalmente vier, serão necessários alguns cuidados. É melhor nem pensar e aproveitar para tomar um ‘banho de chuva’ para se refrescar, já que esta primeira precipitação pode ser a famosa ‘chuva ácida’.

Substâncias químicas dão acidez à água da chuva após um período de estiagem, principalmente caso este período passe dos 30 dias. Dentre os principais responsáveis pelo acúmulo de poluentes estão os incêndios, depois a queima dos combustíveis nos veículos e o lançamento de substâncias por chaminés das indústrias. As substâncias como gás carbônico, monóxido de carbono, partículas de nitrogênio e enxofre liberadas pelo fogo e pela fumaça são lançadas na atmosfera e, por causa do tempo seco, os gases se acumulam. Misturados ao vapor de água, voltam para a terra em forma de chuva, a chamada chuva ácida.

Além disso, é necessário que a população siga com os cuidados em relação ao tempo seco: muita hidratação, evitar fazer exercícios em horário de pico e usar umidificador de ar, pelo menos quando for dormir.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet