Olhar Direto

Domingo, 22 de setembro de 2019

Notícias / Cidades

Executivo escapa de tiros e desarma bandido ao reagir a assalto

Da Redação - Wesley Santiago

20 Ago 2019 - 07:50

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Executivo escapa de tiros e desarma bandido ao reagir a assalto
Um executivo de 36 anos foi vítima de assalto, na noite da última segunda-feira (20), no bairro Santa Cruz II, em Cuiabá, e entrou em luta corporal com um criminoso que invadiu a sua casa após ele estacionar com o carro. O bandido descarregou a arma de fogo na direção dele, que, por sorte, não foi atingido nenhuma vez. A vítima ainda levou coronhadas, uma mordida, mas conseguiu desarmar o acusado, que fugiu logo em seguida, assim como seus comparsas.
 
Leia mais:
Homem é assaltado por criminoso com arma de brinquedo na Avenida Isaac Povoas
 
Os três criminosos acabaram presos e foram identificados como João Vitor Sabino de Hungria, 18 anos; O.J.O.B., 17 anos e Wesley Gabriel Otacilio de Souza, 18 anos.
 
A vítima relatou no boletim de ocorrências que estava chegando em sua residência quando um dos criminosos conseguiu se abaixar no fechamento do portão e entrar na casa. Ao descer do veículo, o criminoso identificado como João anunciou o assalto e pediu o veículo, sendo que em seguida efetuou um disparo na porta do motorista.
 
Em seguida, temendo por sua vida, a vítima então entrou em luta corporal com o suspeito, que descarregou a sua arma com disparos em direção ao homem, mas não conseguiu atingí-lo. Não satisfeito, ele ainda tentou dar diversas coronhadas na cabeça do motorista. Por fim, ainda mordeu a mão dele.
 
Em meio à briga, o suspeito dizia que iria matar a vítima e toda sua família. Em dado momento, o homem conseguiu desarmar o suspeito, que saiu correndo, assim como dois comparsas que estavam do lado de fora.
 
A Polícia Militar foi acionada e conseguiu encontrar os três suspeitos, sendo que dois deles confessaram. João Vitor ainda teria ameaçado um dos presos, que é menor de idade, para que assumisse a posse da arma, caso contrário iria matá-lo.
 
A vítima foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Morada do Ouro. O caso é investigado pela Polícia Civil.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • PAULO
    20 Ago 2019 às 10:37

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Luciano
    20 Ago 2019 às 09:45

    Aí vem os preguiçosos do poder e proibem o povo de andar armado , eles tem medo que o povo comecem a perseguir e matar bandido

  • bird
    20 Ago 2019 às 08:21

    Se eu fosse esse cidadão compraria minha calibre 12 e esperaria por este filho de uma puta novamente tô dizendo calibre 12 não to falando de revolver nem pistola e pra ver o miolo dele espalhado pelo chão

Sitevip Internet