Olhar Direto

Sábado, 21 de setembro de 2019

Notícias / Política MT

Mauro critica queda de Cuiabá em ranking de bom pagador e diz que DEM tem obrigação de ter candidato

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

20 Ago 2019 - 18:00

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Mauro critica queda de Cuiabá em ranking de bom pagador e diz que DEM tem obrigação de ter candidato
O governador Mauro Mendes (DEM) criticou o rebaixamento de nota de capacidade de pagamento de Cuiabá, em última avaliação feita pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), e declarou que seu partido tem o dever de lançar candidatura própria para prefeitura do município em 2020.

Leia também
MT supera mais um capítulo da “novela” do empréstimo, mas pode ser multado em R$ 500 mi


Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais, publicado pela Secretaria do Tesouro Nacional nesta segunda-feira (19), apontou que Cuiabá e Belém (PA) foram as únicas capitais do Brasil a terem nota de capacidade de pagamento rebaixada entre 2018 e 2019.

A capital mato-grossense perdeu a classificação B, deixada em 2017 pela gestão de Mauro Mendes, e passou para C, após dois anos de gestão de Emanuel Pinheiro (DEM).

Para Mauro Mendes, a notícia é muito ruim para cidade, que a partir de agora pode perder capacidade de investimento, além de dificuldade de contratar novos empréstimos, fato que ele enxerga como ruim para toda população.

“Eu tive a honra de ser prefeito de Cuiabá, conheço muito a cidade e ontem vi uma notícia que me entristeceu muito. Vi que Cuiabá caiu na nota do STN. Eu entreguei ao atual prefeito com nota B, que é uma boa avaliação de gestão financeira da cidade, com as contas em dia e o Tesouro Nacional avaliou agora com a nota C, depois de dois anos da atual administração. Isso é muito ruim para cidade, que perde capacidade de investimento, de contratar novos empréstimos e isso trás consequencias muito danosa a população”, afirmou.

O chefe do Executivo estadual também avaliou que notícias como esta obrigam seu partido, o Democratas, a lançar candidatura para recuperar e melhorar a credibilidade de bom pagador do município.

“O DEM tem a responsabilidade de construir novas alternativas, porque eu vejo que do jeito que está ai me preocupa muito. Agora, a prioridade minha neste momento, é cuidar de Mato Grosso. Mas sou cidadão, vivo em Cuiabá e quero o melhor para o município. Mas não vai dar para eu interferir em todos eles, a política partidária tem uma dinâmica própria. Cada um defende algumas idéias e todo o partido quer construir candidaturas. Não dá para fazer em 141 municípios, mas eu acredito que em Cuiabá nós temos sim grandes quadros para ter uma candidatura própria”, finalizou. 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Paolo
    20 Ago 2019 às 18:13

    Miga tudo que tiver seu dedo podre nas eleições vai naufragar.

Sitevip Internet