Olhar Direto

Sábado, 21 de setembro de 2019

Notícias / Política MT

Deputados articulam PEC que autoriza conselheiros substitutos assumirem presidência do TCE

Da Redação - Érika Oliveira

21 Ago 2019 - 07:39

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Deputados articulam PEC que autoriza conselheiros substitutos assumirem presidência do TCE
A Assembleia Legislativa deverá retomar nos próximos dias as discussões sobre a possibilidade de conselheiros substitutos votarem e disputarem, ou não, as eleições para a Mesa Diretora do Tribunal de Contas (TCE). Uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) apresentada em maio por lideranças partidárias colocou em xeque a questão, mas conforme apurou a reportagem, nos bastidores, um novo documento poderá ser elaborado para modificar o regimento interno do órgão, no trecho que estabelece que apenas os conselheiros efetivos poderão participar do processo eleitoral interno. 

Leia mais: 
Único titular na sucessão, Maluf diz que assumirá Presidência do TCE somente por força da legislação 

O novo documento, assim como a PEC 19/2019 apresentada em maio, também será elaborado pelas lideranças partidárias. Ainda não há definição se a matéria, que atenderia à uma “pressão” de membros em atividade no Tribunal, virá por meio de substitutivo ou de nova Proposta.  

Da forma como está, a PEC 19 altera o artigo 49 da Constituição Estadual. De acordo com o texto, “na eleição da Mesa Diretora do Tribunal de Contas, somente os Conselheiros poderão votar e ser votados, ainda que em gozo de licença, férias ou afastamento legal”. 

A PEC não diz de maneira clara se os conselheiros afastados poderão participar da votação, que acontece em novembro deste ano. Isto porque o documento versa sobre afastamento legal: férias, licenças médicas, licenças de afastamento para qualificação profissional, etc.  

Antônio Joaquim, José Carlos Novelli, Sérgio Ricardo, Waldir Teis e Valter Albano foram afastados em 2017, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), após serem citados na delação premiada do ex-governador Silval Barbosa. 

Porém, o texto estabelece que apenas conselheiros titulares poderão ocupar a presidência e vice-presidência da Corte de Contas. “O auditor, quando em substituição a Conselheiro, não poderá exercer a presidência e a vice-presidência da Mesa Diretora e terá as mesmas garantias e impedimentos do titular, e, quando no exercício das demais atribuições da judicatura, as de Juiz de Entrância Especial”, diz trecho.  

Na prática, apenas o atual presidente do TCE, conselheiro Campos Neto e o recém-empossado, Guilherme Maluf, poderão participar do pleito.  

O mandato de Campos Neto termina no fim de 2019. Como o regimento interno da instituição não permite que ele seja reeleito, Maluf, que é o único conselheiro titular, em tese, é o único apto a lançar uma candidatura. 

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • joao
    21 Ago 2019 às 13:14

    Vem nada , caso superado , substituto sempre substituto .

  • José Godoy
    21 Ago 2019 às 09:57

    O título da matéria está equivocado. Deveria ser: Conselheiro Substituto Luiz Henrique articula PEC para assumir a presidência do TCE. Vão deixar Botelho, Janaína e Maluf????

  • joao
    21 Ago 2019 às 09:42

    Fato é um só , substitutos sempre substitutos, sem comentários .

  • clara
    21 Ago 2019 às 09:41

    Caso os nobres deputados acate aos anseios dos substitutos nunca mais haverá indicações da assembleia legislativa para compor o pleno do TCE , será literalmente um tiro no pé , quem é vivo verá .

  • Chico Bento
    21 Ago 2019 às 08:22

    Se os substitutos já estão há anos exercendo a função de titular, por que não podem ser presidentes?

Sitevip Internet