Olhar Direto

Quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Notícias / Esportes

Estudo elenca os principais critérios para um clube ser considerado grande e os 20 principais da Premier League; veja lista

Da Redação

29 Ago 2019 - 10:40

Estudo elenca os principais critérios para um clube ser considerado grande e os 20 principais da Premier League;  veja lista
Títulos, torcida nos estádios e reputação continental. Estes são, segundo um levantamento feito com 3,500 torcedores pela Betway Esportes, casa de apostas online, os principais critérios usados para determinar o tamanho de um clube de futebol. A pesquisa, realizada com mais de 3.500 fãs, ainda elencou os maiores times de futebol da Premier League (Campeonato Inglês), considerada a principal competição nacional europeia e cheia de grandes astros do esporte.

A pesquisa conduzida pelo site de apostas mostrou que os cinco principais critérios são: total de títulos; torcida nos estádios; reputação continental; suporte mundial e temporadas na primeira divisão nacional. Com menos importância, ainda na sequência, aparecem: tamanho do estádio; últimas quatro temporadas na principal divisão; títulos recentes; jogadores internacionais e gastos em transferências.

Os torcedores elencaram também, utilizando estes critérios, os 20 maiores clubes da Premier League, sendo que as cinco primeiras colocação ficaram desta maneira: Manchester United; Liverpool; Arsenal; Chelsea e Manchester City.

Na sequência, aparecem: Tottenham; Everton; West Ham; Aston Villa; Leicester; Newcastle; Southampton; Sunderland; Wolves; Blackburn; Leeds; Crystal Palace; Nottingham Forest; Watford e Brighton.



A força que tem a Premier League, considerado o principal nacional europeu, retrata-se também na sua audiência, principalmente no Brasil. A volta da competição fez a ESPN ter cinco das seis partidas mais assistidas daquele final de semana, sendo que mais de 1 milhão de pessoas foram impactadas nos confrontos, com destaque para Tottenham e Aston Villa.

A partida, exibida sábado de tarde na ESPN Brasil, teve um share de 42% entre os canais esportivos, ficando em 1º lugar entre todos os canais da TV paga durante a transmissão, de acordo com dados do Kantar Ibope.

Os clubes ganharam pontos pelo quão bem classificados ficaram em cada categoria, com 20 pontos atribuídos à equipe de melhor classificação e um ponto para a equipe na 20ª posição. As equipes abaixo do 20º lugar não marcaram nada.

O estudo ajuda a entender, por exemplo, se o Manchester City - favorito nas apostas em futebol para vencer a Premier League - é agora um clube maior que o Liverpool, ou se o Leeds ainda pertenceria a uma lista de grandes clubes da Premier League à frente, o que não se confirmou no primeiro caso.

O Manchester United, vencedor de 13 títulos da Premier League, ficou no topo ou na segunda e terceira posições em seis de dez critérios, incluindo os dois mais importantes: o total de títulos e torcida nos estádios. Porém, os ‘Red Devils’ (diabos vermelhos, como são conhecidos) não conquistam o título desde 2013, mas ainda têm 57 pontos de vantagem sobre o Liverpool no topo da tabela.

Os campeões consecutivos lideraram três categorias - títulos recentes, performances recentes na Premier League e gastos em transferência - mas estes critérios ficaram entre os quatro menos importantes em nossa pesquisa. As glórias passadas são claramente mais importantes para os torcedores do que o sucesso recente.
 
O destaque nostálgico fica também com a aparição de Blackburn, Leeds e Nottingham Forest na lista, sendo que este último não figura na primeira divisão desde 1999.

Ausentes, por sua vez, foram o West Bromwich, o Fulham e o Sheffield Wednesday, que terminaram a 30 pontos de um lugar no top 20. O Middlesbrough também foi infeliz, terminando bem fora da lista, apesar de ter passado 15 temporadas na Premier League, o maior período de qualquer time que não ficou entre os 20 maiores.