Olhar Direto

Segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Notícias / Política MT

Em Cuiabá, ministro da Educação critica Arena Pantanal e VLT: 'Dinheiro jogado fora'

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

06 Set 2019 - 08:25

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Em Cuiabá, ministro da Educação critica Arena Pantanal e VLT: 'Dinheiro jogado fora'
Em Cuiabá para anunciar um investimento de R$ 13,4 milhões em escolas do município, o ministro da Educação Abraham Weintraub criticou duramente a construção da Arena Pantanal e a obra inacabada do Veículo Leve Sobre Trilho (VLT). Para o comandante do MEC, os recursos gastos com a estruturação da Copa do Mundo de 2014 foram jogados no lixo e poderiam ser utilizados para melhorar a educação no Estado.

Leia também
Em Cuiabá, ministro alfineta reitora: “Uma gestão ruim pode ter bilhões e vai terminar mal”


“Quantas escolas nós não poderíamos ter climatizado em vez desta fortuna que gastamos na Arena Pantanal. Poderíamos ter usados isso para climatizar as escolas, ou até construir piscinas em periferias. Isso já foi, já está construído e foi um dinheiro jogado fora. É um dinheiro suado, que não cai do céu e foi desperdiçando. Este dinheiro vem de vocês, do povo que paga imposto. Uma boa parte deste dinheiro foi usado aqui, no VLT e outra parte foi para Arena Pantanal”, disse o ministro em seu discurso para profissionais da educação do município.

O ministro também explicou que os R$ 13,4 milhões destinados para Mato Grosso, será usado para a compra de móveis e climatização nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande e Lucas do Rio Verde.

Dos R$ 13,4 milhões, R$ 5.400.000 serão investidos em mobiliário, climatização e ônibus para Cuiabá, R$ 2.200.000 em mobiliário e climatização em Várzea Grande, e R$ 5.800.000 em creches de Lucas do Rio Verde.

Além do lançamento do investimento com o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), o ministro também irá comparecer pela noite, em um evento da Polícia Militar de Mato Grosso para discutir a militarização das escolas públicas do Estado, projeto de autoria do deputado bolsonarista Silvio Fávero (PSL) e já sancionado pelo governador Mauro Mendes (DEM). 

Atualmente, Mato Grosso possui oito escolas militares, sendo sete da Polícia Militar, que estão localizadas nos municípios de Cuiabá, Confresa, Sorriso, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Juara e Rondonópolis (em fase de implantação), e uma do Corpo de Bombeiros, em Alta Floresta.

17 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Josefina Marques
    06 Set 2019 às 14:27

    Graças a Deus Mauro Mendes abandonou essa inutilidade do VLT. Teríamos que pagar imposto pra subsidiar a passagem. Silval foi péssimo governador.

  • Antonio
    06 Set 2019 às 14:23

    O problema não é o VLT, este já é um meio de transporte aprovado no mundo inteiro. O problema tem nome e sobrenome chama-se incompetência de nossos governantes que nem trincheira da copa conseguem fazer. Dê a um chinês ou americano uma obra como o VLT para ver se em 1 ano e meio não ficam prontos. Portanto a obrigação daqueles que foram eleitos é usar o dinheiro público para concluir as obras e não tentar culpar o modal escolhido. O povo merece o que há de melhor e o melhor é o VLT.

  • Luiz Keller
    06 Set 2019 às 13:05

    Não é complexo de vira lata. Cuiabá é pequena. Não cabe vlt. Chega de imposto para subsidiar passagem de geração revoltadinha e idosos

  • Cramulhão
    06 Set 2019 às 11:27

    Mais um para ficar pelos cantos lamriando. Disso estamos fartos. Quero ação, alguém que olhe isso e diga "vamos agir assim", e não ficar pelos cantos falando que foi isso, isso e isso, daria para isso, isso e isso. O que está feito esta feito. Vamos punir os responsáveis e resolver esse problemão que está ai. Mais da metade foi feito, vamos terminar.

  • Maria Rita
    06 Set 2019 às 11:26

    Pelos comentários percebe-se que o CUIABANO tem complexo de vira lata. Ser contra o VLT MODAL que está sendo.implementado em várias cidades desenvolvidas no mundo todo e ser favorável ao buzao é de uma idiotice sem tamanho. Ouvir um ministro analfabeto e que está acabando com a educação brasileira vir aqui e dar o pitaco em transporte público quando ele nao é capaz de gerenciar o ministério da educação .

  • Oi?
    06 Set 2019 às 11:09

    O que a pasta dele (Educação) tem a ver com isso? Não está conseguindo nem gerir o próprio ministério e quer dar pitaco noutras áreas?

  • joaquim
    06 Set 2019 às 10:27

    QUANTO A ESTA ARAPUCA DE ESTADIO INÚTIL QUE SÓ PROPICIA CUSTO PARA A SOCIEDADE, NÃO GERA NADA ALÉM DE SATISFAZER A UMA MEIA DÚZIA DE GENTE QUE PREFERE GRITAR EM ESTÁDIO QUE LER UM LIVRO, ESTOU COM O MINISTRO. AGORA, O POVO CUIABANO MERECE TRANSPORTE DE PRIMEIRO MUNDO SIM. O PROBLEMA NÃO FOI FAZER O VLT, O PROBLEMA FOI A INCOMPETÊNCIA NO FAZER . PIOR, A ROUBALHEIRA DE TODA ÓRDEM. O OBJETIVO NÃO ERA PROPICIAR AO POVO CUIABANO TRANSPORTE CIVILIZADO, O OBJETIVO ERA ROUBAR UM DINHEIRO QUE NEM TÍNHAMOS, DEIXANDO UMA DÍVIDA ENORME PARA O POVO PAGAR. OS RESPONSÁVEIS POR ISSO TERIAM QUE APODRECER NA CADEIA. MAS A NOSSA JUSTIÇA É OUTRA QUE CUSTA UMA FORTUNA PRA MANTER NA CADEIA SÓ LADRÕES DE GALINHA.

  • Kleber Luiz
    06 Set 2019 às 10:01

    Copa do mundo só quebrou MT. Arena Pantanal vive vazia. Cuiabano não gosta de futebol. Ainda fomos humilhados de 7 a 1 da Alemanha e 3 a 0 dos Países Baixos.

  • Jorge Tadeu
    06 Set 2019 às 09:58

    Concordo com o ministro da Educação. VLT não cabe numa cidade só com seiscentos mil habitantes. Ademais tem que subsidiar passagem com dinheiro do nosso imposto pois passagem é mais cara. Sem contar gratuidade de idoso e estudantes. Dinheiro do nosso imposto deve ser para Saúde e educação.

  • Edmundo luis de arruda
    06 Set 2019 às 09:40

    mais um contra o futebol MT dizer só arena pantanal, e o VLT esse foi dinheiro jogado fora.

Sitevip Internet