Olhar Direto

Sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Notícias / Política MT

Mendes deve entregar COT da UFMT em dezembro; obra atenderá alunos da universidade; fotos

Da Redação - Wesley Santiago

11 Set 2019 - 10:05

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Mendes deve entregar COT da UFMT em dezembro; obra atenderá alunos da universidade;  fotos
Depois de quase seis anos, o agora Centro Olímpico de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso (COT da UFMT) deverá ser entregue em dezembro deste ano pela gestão do governador Mauro Mendes (DEM). O local será utilizado para aulas da faculdade de Educação Física e também tem uma pista de atletismo com dimensões internacionais, que já estão sendo utilizadas pela unidade de ensino. No total, o projeto ficou orçado em mais de R$ 17 milhões.

Leia mais:
Dono da Engeglobal diz que obras da Copa não andaram por perseguição política de Taques

A conclusão se dará muito tempo depois do previsto, já que o local deveria servir (de melhor forma) às seleções que fossem realizar treinamentos durante a Copa do Mundo de 2014.
 
A estimativa, segundo o secretário de Infraestrutura (Sinfra), Marcelo Padeiro, é de que os serviços sejam finalizados até dezembro. Neste momento, 94% do projeto está executado. “O governo está bem satisfeito com a retomada das obras, que estavam paralisadas há mais de quatro anos. Tivemos como prioridade a conclusão delas”, disse o gestor.
 
Além do Campo de Futebol e das arquibancadas, o COT da UFMT também conta com salas que servirão ao curso de Educação Física da universidade. Lá, serão ministradas aulas e o espaço também poderá ser utilizado pelos alunos. A pista de atletismo, que segue padrões internacionais, já foi entregue e está sendo utilizada.



O superintendente de obras especiais, Edson Brasil, disse que nesta fase o foco ficará no acabamento do projeto (pista de acessibilidade, pintura, elevador, entre outros). “O grosso da obra já foi finalizado”.
 
O dono da Engeglobal Construções, Robério Garcia, disse que mesmo com as obras sendo finalizadas muito depois da Copa do Mundo de 2014, elas ainda sim cumpriram o seu papel durante o evento. “Tivemos duas seleções que treinaram no campo, usaram os vestiários, tudo foi aprovado pela Fifa”.
 
“Durante o governo Pedro Taques (PSDB), esta obra como tinha problema a pista importada, a universidade comprou o material da pista, nós continuamos a obra, com recursos nossos. Investimos aqui R$ 5 milhões e recebemos R$ 37 mil do governo, isto é fácil ver nos dados públicos. Por isso não deu para concluir”, concluiu o empresário. No total, o projeto ficou orçado pouco mais de R$ 17 milhões.

O COT da UFMT está sendo construído ao lado do ginásio poliesportivo da UFMT e contará com área total de 5,4 mil metros quadrados. O local tem capacidade de abrigar 1,5 mil torcedores, além de possuir campo de futebol e pista de atletismo.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • paulo roberto bezerra
    11 Set 2019 às 15:15

    Quando a população poderá usufruir dessa obra?

  • Chico Bento
    11 Set 2019 às 10:36

    Essa obra era para ser entregue em maio de 2014. Por aí se vê a competência dos governos da época!

Sitevip Internet