Olhar Direto

Terça-feira, 15 de outubro de 2019

Notícias / Cidades

Emanuel decreta situação de emergência e suspende aulas de educação física nas escolas

Da Redação - Fabiana Mendes

12 Set 2019 - 16:15

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Emanuel decreta situação de emergência e suspende aulas de educação física nas escolas
O prefeito Emanuel Pinheiro decretou situação de emergência pelo período de 60 dias por conta da baixa umidade do ar e aumento dos incêndios florestais. Assinado na quarta-feira (11), o decreto suspende as aulas de educação física, aumenta o período do recreio, e cita a hidratação a cada 30 minutos, além da aquisição de umidificadores de ar para as unidades. Atualmente a rede municipal atende 163 unidades educacionais e 52 mil alunos.

Leia mais:
Emanuel prepara decreto e não descarta suspensão de aulas por conta do calor e baixa umidade

Nesta semana, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) emitiu alerta vermelho de onda de calor que pode aumentar em 5ºC a média por período maior que cinco dias. Vale lembrar que a temperatura média em Cuiabá é de 34ºC, ou seja, os termômetros devem ficar na casa dos 40ºC. 

De acordo com o decreto, os secretários municipais têm a competência para, em conjunto com o prefeito, adotar as medidas cabíveis por meio de portarias ou ofícios, no sentido de prevenir, reparar ou cessar temporariamente situações que coloquem em risco o bem-estar e a saúde dos servidores públicos e da população usuária dos serviços da Prefeitura. Diante disso, as secretarias de Assistência Social, Educação e Mobilidade Urbana, Serviços Urbanos e Saúde já definiram suas ações. 

“Em virtude das queimadas e da baixa umidade que vem causando um grande impacto no clima e dia a dia da população, afetando a saúde da nossa gente, e com o agravamento da situação nos últimos dias, não poderia deixar de tomar algumas atitude pensando na humanização que é prioridade na minha gestão. Em conjunto com a Defesa Civil do Município e outras secretarias, decidimos decretar situação de emergência e ter ação em várias áreas que impactam diretamente as pessoas, como na educação, onde temos 54 mil alunos, na Assistência Social onde atendemos os idosos dos CCIs, e dos nossos servidores, como os garis, agentes comunitários de saúde e agentes de endemias, os agentes de trânsito, os servidores da Serviços Urbanos, entre outros”, afirmou o prefeito.

Na educação, as aulas de Educação Física serão suspensas por 15 dias, além de aumento na duração dos intervalos e recreios com “recreio dirigido”, ou seja, atividades lúdicas em espaço coberto e arejado. Haverá também o incentivo à hidratação aos alunos a cada 30 minutos. Também foi determinada a aquisição de umidificadores de ar para as unidades escolares como creches, CMEI e CEIC. Foi recomendado também que o cardápio da alimentação escolar contenha mais frutas, que possuem maior teor de água.

O Instituto para Desenvolvimento Econômico, Ambiental, Esportivo e Social (Ideaes) também cancelou os jogos da rodada da 1ª Copa Bom de Bola, Bom de Escola, que seriam realizados no próximo sábado (14).

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Lisandro Peixoto Filho
    13 Set 2019 às 10:24

    Por que não utilizar aviões a jogar água sobre a cidade, assim como carros pipas, com finalidade de amenizar a baixa umidade do ar? Mesmo, que gestor público não cuidando de onde sua responsabilidade como caso vergonhoso de fogo no pátio onde depositado materiais do “Cata Treco”, que na Secretaria de Serviços Urbanos.

  • Chico Bento
    13 Set 2019 às 07:30

    Medida correta em meu ver. Melhor suspender que correr o risco de um mal súbito em um aluno no momento da educação física.

  • Patricia
    12 Set 2019 às 16:47

    Pois eh, Sr. Prefeito veja como esta a situação do ar condicionado e ventiladores nas escolas, também não e só suspender as atividades e verificar as condições pois na escola Padre Raimundo Pombo Moreira da Cruz no Parque Cuiaba tem sala de aula sem condições dá do dos alunos. Por favor veja este lado.

Sitevip Internet