Olhar Direto

Terça-feira, 22 de outubro de 2019

Notícias / Cidades

Após 33 anos, irmãs separadas quando crianças se reencontram

Da Redação - José Lucas Salvani

14 Set 2019 - 09:12

Foto: Reprodução/Assessoria

Após 33 anos, irmãs separadas quando crianças se reencontram
Após 33 anos, duas irmãs, que não tiveram seus nomes divulgados, se reencontraram por meio de um vídeo chamada, promovido pelo Núcleo de Pessoas Desaparecidas da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), após serem separadas ainda crianças. Apesar do longo tempo, uma das irmãs só comunicou o desaparecimento em 2016.

Leia mais:
Empresário que metralhou escritório de advogado é preso

A mãe de ambas também está desaparecida, há 36 anos, depois que separou do marido. As irmãs foram separadas três anos depois, quando uma delas foi morar em outra cidade com outros parentes. Desde então elas nunca mais se falaram.

Na época da ocorrência, não foi possível encontrar dados tanto da mãe quanto da irmã. Porém, neste ano, os dados foram encontrados e descoberto que a irmã estaria morando em Pontes e Lacerda (a 445 km de Cuiabá) e a mãe em uma fazenda no estado de São Paulo.

Os policiais da DHPP entraram em contato com a delegacia de Pontes, que conseguiu localizar a irmã procurada. Com a confirmação, foi possível promover o encontro das irmãs, que causou grande emoção entre as irmãs que falaram sobre outros familiares e sobre fatos que ocorreram nos anos em que estiveram separadas.

As investigações para localizar a mãe segue em andamento.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.