Olhar Direto

Sábado, 19 de outubro de 2019

Notícias / Educação

FALM oferece 23 bolsas de estudo integrais e ajuda de custo de um salário mínimo

Da Redação - José Lucas Salvani

17 Set 2019 - 17:11

Foto: José Medeiros

FALM oferece 23 bolsas de estudo integrais e ajuda de custo de um salário mínimo
A Fundação André e Lucia Maggi (FALM) oferece 23 bolsas de estudo integrais para o curso superior de Tecnologia em Agrocomputação, além de ajuda de custo de um salário mínimo para 20 delas. As vagas são oferecidas em parceria com a Faculdade de Tecnologia do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Fatec Senai) de Rondonópolis (a 214 km de Cuiabá). As inscrições podem ser feitas até o dia 04 de outubro aqui.

Leia mais:
UFMT perderá 25% das bolsas de pós-doutorado com novo corte anunciado pelo MEC

As inscrições para a bolsa estão disponíveis para jovens entre 18 e anos, que tenham concluído o ensino médio e podem ser residentes de qualquer município do Brasil. Todavia, o curso será feito em Rondonópolis. A ajuda de custo será ofertada durante toda sua duração de 18 meses.

Para poder concorrer a bolsa, o interessado deve ser aprovado no vestibular da Fatec e indicar no ato da inscrição do vestibular que deseja participar do processo de seleção de bolsas da Fundação André e Lucia Maggi e preencher o formulário socioeconômico, disponível no site. As provas ocorrem dia 05 de outubro, das 08h às 11h ou das 14h às 17h.

O curso de Agrocomputação vai possibilitar o desenvolvimento de conhecimentos em relação a Ciências Agrárias, Processamento e Análise de Volumes de Dados, Manutenção de Sistemas Automatizados, Gestão de Sistemas do Agronegócio de acordo com normas técnicas e de qualidade, legislações específicas como: ambiental, trabalhista e de saúde e segurança no trabalho.
 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Gabriela Duarte
    18 Set 2019 às 06:24

    Hum salário mínimo.... Brasileiro virou escravo

Sitevip Internet