Olhar Direto

Quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Notícias / Cidades

Com situação de emergência decretada e umidade do ar em 15%, Mato Grosso entra em alerta

Da Redação - Thaís Fávaro

18 Set 2019 - 11:28

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Com situação de emergência decretada e umidade do ar em 15%,  Mato Grosso entra em alerta
Há cerca de quatro meses sem chuva em boa parte do Estado, Mato Grosso recebeu nesta quarta-feira (18), o alerta para a baixa umidade relativa do ar que deve ficar na casa dos 15% de acordo com o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), que é ligado ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). A situação crítica atinge praticamente todo o Estado. Ainda de acordo com a previsão, não há previsão de chuva pelo menos até o próximo dia 22 de setembro e a temperatura na capital hoje pode chegar aos 40ºC.

Leia mais
Temperatura chega a 42ºC em Cuiabá e previsão aponta máxima de 43ºC esta semana
 
O alerta amarelo significa que a umidade do ar estará bastante baixa com valores inferiores a 30% em muitas localidades, podendo chegar a valores inferiores a 15% em alguns municípios do Estado.
 
Quando o tempo está muito seco e a umidade relativa do ar está abaixo do mínimo considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de 30%, alguns cuidados são necessários para evitar complicações de saúde como alergias, inflamações bacterianas, viroses e inflamações nas mucosas nasais.

É importante consumir bastante água, usar hidratante para pele e lábios ao acordar e antes de dormir, evitar exercícios físicos entre 10h e 16h, manter o ambiente limpo, utilizar umidificador de ar, toalhas úmidas e até mesmo balde com água e lavar o nariz com soro fisiológico caso sinta necessidade.

Situação de emergência

O governador Mauro Mendes decretou no inicio de setembro situação de emergência em Mato Grosso por conta dos incêndios florestais que atingem o Estado. A motivação para decretar a situação é pelo aumento no número de queimadas e pelas condições climáticas propiciarem a propagação do fogo.

O decreto tem duração de 60 dias e segundo o Executivo, com a medida, o governo está autorizado a adotar ações necessárias à prevenção e combate aos incêndios e à manutenção dos serviços públicos nas áreas atingidas pelas queimadas.

Entenda o que é umidade relativa do ar

Umidade relativa do ar é a quantidade de líquido vaporizado que há na atmosfera em um determinado marco temporal comparado ao pico máximo que poderia atingir em uma dada temperatura. Em outras palavras, a umidade relativa do ar é a relação entre a quantidade de água existente no ar 

Quando a umidade cai o ar se torna árido, atingindo às vezes um aspecto desértico, o sol brilha intensamente e as chuvas são escassas.  Muitas vezes a situação fica tão crítica que as autoridades chegam a declarar estado de emergência.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), um nível considerado aceitável deve estar acima dos 30%. Abaixo desse nível é importante que as pessoas tomem uma série de medidas para evitar problemas respiratórios, ressecamento e desidratação.

Consequências para a saúde

O tempo seco pode causar diversos problemas para a nossa saúde como rinite, irritação nos olhos, asma, ressecamento da pele, problemas cardíacos, entre outros. O nível considerado adequado para a saúde humana segundo especialistas varia de 40% e 60%.

Para se prevenir durante essa época de pouca chuva é aconselhado o uso de umidificador de ar, maior consumo de líquidos, comidas leves como frutas e saladas e o uso de cremes hidratantes para evitar um maior ressecamento da pele.
 
 

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Cuca
    18 Set 2019 às 13:31

    Ah, e nem teve chuva do caju e da manga até agora. Quem é daqui e tá vivo sabe do que se trata.

  • Cuca
    18 Set 2019 às 13:26

    Estação seca cada vez mais prolongada, fumaça por toda parte há mais 4 semanas, chuva de cinza e fuligem, ar irrespirável - é pra achar isso natural? Só pra quem tá morto e não vê.

  • juca
    18 Set 2019 às 11:51

    todo dia é esse assunto. todo ano é a mesma coisa. Só começa a chover na estação da primavera. Já ta enchendo o saco essa paranoia.

Sitevip Internet