Olhar Direto

Quinta-feira, 01 de outubro de 2020

Notícias / Esportes

Em reforma, ‘Dutrinha’ pode não ser utilizado no estadual de 2020

Da Redação - Wesley Santiago

20 Set 2019 - 09:00

Foto: Marcos Vergueiro

Em reforma, ‘Dutrinha’ pode não ser utilizado no estadual de 2020
O secretário de Cultura, Esportes e Turismo de Cuiabá, Francisco Vuolo, afirmou que ainda não é possível garantir que o Estádio Eurico Gaspar Dutra, o Dutrinha, possa ser utilizado para o estadual do ano que vem. Em reunião com clubes e representantes da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), o gestor apontou que a ideia do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) é deixar um legado que perdure por mais tempo.

Leia mais:
Prefeitura de Cuiabá inicia obras de recuperação do Estádio Dutrinha
 
Em reunião na tarde desta quinta-feira (19), na secretaria, Vuolo disse que 99% das obras referentes a segurança estão concluídas, assim como o gramado, porém há uma preocupação do prefeito em fazer uma série de outras reformas no estádio para que o legado fique por mais tempo.
 
“Não vamos fazer uma obra meia boca, somente para liberar o estádio, queremos fazer algo que seja muito importante para a população”, disse Vuolo.
 
Segundo ele, uma data sobre a inauguração do estádio só poderá ser efetivamente apresentada daqui 45 dias, mas nos próximos dias será feita uma vistoria técnica do Dutrinha e em seguida o prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) vai receber os clubes e Federação em seu gabinete para discutir o tema.
 
“Não há dúvida de que o Dutrinha é muito importante para o futebol e para a sociedade cuiabana, e temos pedido prioridade para a prefeitura, pois acreditamos que a prefeitura priorizar, poderá colocar o estádio a disposição até o início do Estadual”, disse o presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), Aron Dresch.
 
O vereador Vinicius Hugueney, do PP, também quer montar uma comissão de vereadores na Câmara Municipal para agilizar os andamentos do trabalho no Dutrinha.
 
“Já agendamos com o prefeito que quer entregar o Dutra o mais rápido possível, para que a população cuiabana curta o Estadual, principal competição do nosso Estado neste estádio tão agradável”, disse Vinicius.
 
O orçamento para a reforma é estimado em R$ 500 mil com recursos da Prefeitura e tem previsão de finalização de 120 dias. Em paralelo às obras, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, assinou no dia 21 de janeiro um termo de cooperação que garante a escolha dos projetos arquitetônicos do estádio Dutrinha e também do Mercado Municipal.

O último jogo com público recebido pelo Estádio Dutra foi em 26 de fevereiro de 2015, quando Mixto e Luverdense (futebol) empataram em 2x2 e, ao fim do jogo, os mixtenses invadiram o gramado, jogaram objetos no campo e ameaçaram a arbitragem. Por conta desse episódio, na época, o local foi interditado a pedido do Juizado Especial do Torcedor de Cuiabá e  até hoje, aguarda que a prefeitura faça uma reforma na estrutura para que o local volte a funcionar.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet