Olhar Direto

Quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Notícias / Política MT

Em NY, Mauro Mendes bate-boca e chama liderança indígena de mentirosa; veja vídeo

Da Redação - Érika Oliveira

24 Set 2019 - 15:39

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Em NY, Mauro Mendes bate-boca e chama liderança indígena de mentirosa; veja vídeo
O governador Mauro Mendes (DEM) protagonizou um bate-boca, nesta terça-feira (24), com uma das principais lideranças indígenas do Brasil, que representava a Articulação de Povos Indígenas o Brasil (Apib) durante um debate paralelo à Cúpula do Clima da ONU, em Nova York. O chefe do Executivo mato-grossense discordou de dados apresentados por Sonia Guajajara sobre queimadas em reservas e assassinatos de índios em Mato Grosso. Os números são da Human Rights Watch, Global Witness e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Leia mais:
Mauro Mendes discursa na Rainforest Alliance e diz que o mundo precisa proteger florestas tropicais

“Você não vive em Mato Grosso. Eu vivo! Vocês estão falando de Mato Grosso sem viver e sem estar em Mato Grosso”, disse o governador, que na sequencia foi interpelado por Guajajara.

“Mato Grosso está em quarto lugar em relação ao assassinato de indígenas. Ano passado foram 25 assassinatos de indígenas. O senhor sabe dessa conta?”, rebateu a liderança.

No vídeo, ao lado de Mauro Mendes, está o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, que também discorda de Guajajara e se dirige a um segundo indígena, que participava da conversa e num dado momento da discussão diz que 60% das áreas indígenas em Mato Grosso foram atingidas por queimadas.

Mauro Mendes, mais uma vez, chama os dois de mentirosos e diz que as queimadas nas reservas indígenas foram autorizadas pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). “Se você olhar o decreto do Bolsonaro ele proibiu todas as queimadas, menos nas terras indígenas”, argumenta o governador.

Guajajara encerra a discussão afirmando que o Governo brasileiro não está interessado em proteger o Meio Ambiente, mas sim em legalizar as práticas que já vem ocorrendo. Os números apresentados por ela nesta terça-feira e que desagradaram Mauro Mendes são do Inpe, que mostraram que o Brasil registrou, entre janeiro e o início de agosto, um aumento de 83% das queimadas em relação ao mesmo período de 2018, com mais de 72 mil focos de incêndios. Mato Grosso lidera o ranking de queimadas na região da Amazônia.

Vale lembrar que a divulgação dos dados do Inpe sobre os alertas de desmatamento - que revelaram, ainda, um aumento no desmate de 88% em junho e 212% em julho – foi o que deu início à crise ambiental no Brasil, que acabou internacionalizada. Bolsonaro, na época, afirmou que os números haviam sido manipulados e demitiu o diretor do Instituto, Ricardo Galvão.

“Agora ele legalizou as queimadas. Agora. E isso é outra historia. Ele não está preocupado com o meio ambiente. Uma coisa é você combater desmate ilegal, outra coisa é legalizar o que já tá [inaudível]. Eu não preciso estar lá para conhecer e falar por eles. Eu faço debate com a verdade e com números. Legalizar genocídio e legalizar desmatamento é fácil para vocês”, pontuou Guajajara durante a discussão com Mendes. O vídeo se encerra com o governador sendo retirado do local por um de seus seguranças.

Assista ao vídeo:

 

32 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Dazia mani
    01 Out 2019 às 10:11

    Falou tudo Sônia

  • Angelo
    25 Set 2019 às 18:41

    É um garimpeiro coxinha ... esse não engana mais ninguém ...

  • Chico Bento
    25 Set 2019 às 09:38

    Vejo muitos comentários aqui destorcidos do que narra a matéria. A índia se referiu à morte de indígenas, o que é realmente mentira. Por isso o governador a chamou de mentirosa. Antes de comentar qualquer coisa, o leitor precisa ler a matéria toda, interpretá-la, usar do senso critico.

  • Donzela em Perigo, ui!
    25 Set 2019 às 08:39

    Mauro, cala-te! De falar besteira a vaga já foi preenchida por um ent gabaritado, pelo Bozo.

  • NILDO
    25 Set 2019 às 07:50

    Olha a foto que colocam do Governador...ehhhh imprensa.

  • Giba
    25 Set 2019 às 07:16

    Me diz o que índio trás de benefecio para o país, só despesa e ampliação de terras, vivem melhor que muitos por ai, com carroes e outra muito desses incendios causados ai forma por eles, pois o presidente da republica liberou as queimadas nas terras indigenas que acabram se alastrando a floresta adentro, governador está correto como um indigena que nem mora na aldeia pode afirmar isso, só dados fabricados para destabilizar governos e só ver o segmento que esta senhora segue, foi vice do Boulos um esquerdista de carteirinha que gostam de manipular uma determinada camada da população com demagogia e números fantasiosos, parabens Governador segue combatento esse tipo de erva daninha que só querem ser dar bem a custa do estado.

  • Fernando
    24 Set 2019 às 21:54

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Gladston
    24 Set 2019 às 21:51

    Essa fulana guajajara não é a mesma que foi vice na chapa de um tal de boulos pra presidente no ano passado? Essa zinha aí nem sabe em que direção fica nosso estado!

  • Mário Márcio da Costa e silva
    24 Set 2019 às 21:27

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Joao Soares
    24 Set 2019 às 21:26

    como sempre, arrogante, achando que todos estão errados , so ele esta certo. Meu Deus quanta arrogancia

Sitevip Internet