Olhar Direto

Terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Notícias / Esportes

Atletas do Cuiabá Arsenal irão aos EUA assistir jogo da NFL e conhecer terra natal do esporte

Da Redação - Wesley Santiago

25 Set 2019 - 14:11

Foto: Junior Martins/AACA

Atletas do Cuiabá Arsenal irão aos EUA assistir jogo da NFL e conhecer terra natal do esporte
Atletas do Cuiabá Arsenal, um dos principais times do futebol americano do país, irão participar de um intercâmbio internacional nos Estados Unidos da América (EUA). Dez atletas vão embarcar rumo a Miami, onde participarão do Football Tour, terra natal do esporte. A ação está sendo realizada pela American Airlines, que arcará com todos os custos.

Leia mais:
Partida do Brasileirão é suspensa pela CBF por má condição do gramado da Arena Pantanal
 
O sonho dos jogadores do Cuiabá Arsenal se tornará realidade pela American Airlines, que concederá os bilhetes aéreos, a hospedagem e a entrada no jogo da NFL, pela Best Intercâmbio, responsável pela visita na universidade (Fiu), pelo Miami Convention, que providenciará os passeios turísticos em Miami, e pela Confiança Turismo, que auxiliou com os pedidos de vistos e passaportes.
 
“É a viagem dos sonhos dos nossos atletas. Uma viagem voltada para o universo do futebol americano e que proporcionará intercâmbio de informações com uma universidade e com um time profissional. Uma viagem que pode construir pontes entre o Arsenal, a universidade e o Dolphins. E esperamos que o projeto cresça, se torne anual e leve outros”, avalia o presidente do Cuiabá Arsenal, Denevaldo Barbosa Jr.
 
O famtour Football levará os atletas para dentro do futebol americano de Miami. Eles conhecerão a superestrutura da Universidade Internacional da Florida (Fiu), o Hard Rock Stadium, reencontrarão o ex-jogador do Arsenal no Dolphins, Durval Neto, assistirão um jogo de High School (Mater Academy Charter x Miami Beach) e a um da NFL (Miami Dolphins x Los Angeles Chargers) e farão um City Tour.
 
“Será minha primeira viagem de avião e primeira vez que sairei do país. Fiquei em choque quando chamaram pro famtour. Fiquei um dia sem dormir por causa da excitação da viagem. Não é todo dia que recebo um convite desses. Tenho viajado para outros estados com o Arsenal, mas nunca esperaria ir aos EUA”, conta Brunno Henrique Pará, 19 anos, filho do motorista, José Aparecido e da cozinheira, Maria de Lourdes.
 
Segundo a executiva de contas da American Airlines, Patrícia Lacerda, a ideia surgiu quando a representante do Greater Miami Convention & Visitors Bureau, Tathiana Leal, lhe enviou uma reportagem sobre um atleta do Arsenal contratado por um time norte-americano, o Miami Dolphins. Isso chamou sua atenção e a executiva delineou o projeto entre a American Airlines e o Cuiabá Arsenal.
 
“Sempre acreditei no sonho de ir para os EUA pelo futebol americano. Vi pessoas próximas fazendo isso. Então comecei a trabalhar, me dedicar mais e tive fé que conseguiria. A viagem será muito especial. Imagina conhecer um lugar tão lindo quanto Miami e ainda poder aprender sobre o esporte”, diz entusiasmado André Renck, 23 anos, filho do zootecnista, Paulo, e da professora, Marlene.
 
Ex-jogador na NFL
 
Durval Queiroz Neto, o ‘Duzão’, de 27 anos, 1,94m de altura e mais de 120 kg, nascido em Cuiabá e criado em Diamantino-MT, se formou jogador de futebol americano dentro do Cuiabá Arsenal, de 2015 até 2017, depois partiu para os Estados Unidos em 2018, junto com o ex-treinador do Cuiabá Arsenal, Kenneth Joshen, para alcançar o sonho de entrar para a National Football League (NFL).
 
Um sonho alcançado por meio do International Player Pathway Program 2019, que é um programa que dá a chance de atletas estrangeiros (de fora dos EUA) de entrarem pra NFL. E, depois de todo processo de seleção e aprovação, Duzão foi contratado pelo Miami Dolphins e se tornou o primeiro brasileiro a sair do FABR (futebol americano do Brasil) para a NFL (principal liga de FA no mundo). Um feito histórico do Duzão, do ex-treinador, do Cuiabá Arsenal e do FABR.
 
Os dez contemplados
 
Brunno Henrique Pará (turma de 2017 do Cuiabá Arsenal)
 
Marcos Alves (turma de 2015)
 
Romaycol Bremm (turma de 2015)
 
Vinícius Sant’ana (turma de 2015)
 
Alex Alves (turma de 2014)
 
André Renck (turma de 2013)
 
Leonardo Rosa (turma de 2012)
 
Aurélio Jacarandá (turma de 2006)
 
Igor Mota (turma de 2006)
 
Raulin Leal (turma de 2006)

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Uiara Camargo
    25 Set 2019 às 16:23

    Oras analisem comigo. Só "soccer" remunera bem no Brasil. Esses riquinhos irão fazer turismo enquanto doze milhões de desempregados passam fome no Brasil...

Sitevip Internet