Olhar Direto

Domingo, 20 de outubro de 2019

Notícias / Ciência & Saúde

Em Mato Grosso, 135 mil pessoas sofrem de problemas cardíacos

Da Redação - José Lucas Salvani

01 Out 2019 - 09:06

Foto: Rose Domingues

Em Mato Grosso, 135 mil pessoas sofrem de problemas cardíacos
Em Mato Grosso, 135 mil pessoas sofrem de problemas cardíacos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística da Saúde (IBGE Saúde). Devido ao número, o deputado estadual Dr. Gimenez (PV) criou o projeto de lei 1.039 para instituir o “Setembro Vermelho”, com o objetivo de alertar para as doenças coronárias no âmbito estadual.

Leia mais:
Clima extremo e seu coração: cardiologista explica porque o calor pode ser fatal

O projeto propõe que governos estadual e municipal desenvolvam ações que incentivem mudanças de hábitos na população, como prática de caminhadas, trilhas, bicicleta, academias ao ar livre, entre outras atividades físicas regulares, já que mais de 80% das incidências de doenças cardiovasculares podem ser evitadas. 

Além disso, cabe ainda orientar a população sobre a importância de diminuir o consumo de alimentos com sódio, açúcar e gorduras. “Quanto mais natural a alimentação melhor”, acrescenta Dr. Gimenez, médico há 40 anos na área infantil, e que é um incentivador de uma rotina saudável desde a primeira infância. 

O mês de setembro foi escolhido para concentrar as campanhas de conscientização, prevenção e tratamento porque no dia 29 é comemorado o Dia Mundial do Coração, uma iniciativa criada em 2000 pela Federação Mundial do Coração com apoio das Nações Unidas. Desde então, diversas organizações no Brasil e no mundo realizam ações para lembrar a data.

“As doenças coronárias representam 31% das mortes para a Organização Mundial de Saúde (OMS), anualmente mais de 17 milhões de pessoas morrem. Infelizmente, o problema deixou de ser associado à meia-idade e vem afetando jovens entre 25 e 30 anos, ou seja, precisamos nos mobilizar”, justifica.

No mês de junho, o parlamentar, que tem 68 anos, precisou se submeter a um procedimento cirúrgico no coração: um cateterismo cardíaco e uma angioplastia para introdução de dois ‘stents’. Plenamente recuperado, tem seguido uma dieta alimentar rigorosa e procurado adotar uma rotina de controle ao estresse. 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet