Olhar Direto

Sábado, 19 de outubro de 2019

Notícias / Cidades

Secretário critica mudança em carga horária e afirma que 'amarelinhos' não são vistos na cidade por falta de efetivo

Da Redação - Wesley Santiago

07 Out 2019 - 11:56

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Secretário critica mudança em carga horária e afirma que 'amarelinhos' não são vistos na cidade por falta de efetivo
O secretário de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob), Antenor Figueiredo, afirmou que a mudança na carga horária dos agentes de trânsito, ocorrida durante a gestão de Mauro Mendes (DEM), prejudicou bastante o número de ‘amarelinhos’ atuando no trânsito da capital mato-grossense. Além disto, ele citou o déficit existente e apontou a fiscalização eletrônica primordial para cobrir os gargalos da cidade. “Realmente você não vai ver muito agente, porque não tem", comentou.

Leia mais:
Semob deve instalar ‘radares de peso’ para flagrar caminhões que trafegam de forma irregular em Cuiabá
 
“Na administração passada, já tínhamos uma defasagem em relação ao número de agentes de trânsito. São quase 600 mil veículos em Cuiabá e VG. O código de trânsito manda que tenhamos um agente para cada mil veículos. Teríamos que ter no mínimo 400 agentes. Porém, temos 180. Eles faziam jornada de oito horas, mas Mauro Mendes diminuiu para seis. Um turno que fazia com uma pessoa, estou fazendo com três. Sacrificou a administração”, criticou o secretário.
 
Antenor pontua que, atualmente, os agentes são enviados para atuar em blitzes, nos principais gargalos da cidade e também na fiscalização de estacionamentos irregulares no Centro de Cuiabá.
 
“Realmente você não vai ver muito agente, porque não tem. Sem contar os que fazem o trabalho interno, que temos coisas administrativas que são de papel do agente. Nós precisamos implementar mais coisas. A fiscalização eletrônica entra como uma grande ajuda para nós neste quesito, porque auxilia no controle em pontos onde não podemos estar”, assegurou o secretário.

Radares de peso

A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) deverá instalar ‘radares de peso’ para flagrar veículos de carga que estejam trafegando de forma irregular pelo Centro de Cuiabá. A ação, segundo o gestor da pasta, Antenor Figueiredo, é essencial para compensar a falta de efetivo de agentes de trânsito que há atualmente.

“Estaremos trazendo equipamentos de detector de peso. Será um sensor instalado no chão, como é com os radares. Passou a mais que o permitido, será multado. Será justamente para contornar a falta de agentes que temos e fiscalizar”, disse o secretário ao Olhar Direto. Além disto, ele ainda garantiu que a fiscalização batizada de ‘Carga Pesada’ irá continuar.

Segundo ele, a fiscalização eletrônica tem ajudado bastante para diminuir os índices de acidentes no trânsito e também a compensar a falta de material humano. “Hoje, posso investir em tecnologia e fiscalização. Isso tem que ser feito para diminuir alguns incidentes de veículos. É humanamente impossível eu ter um agente de trânsito em cada gargalo de Cuiabá. Videomonitoramento está ajudando muito. Nossas câmeras serão interligadas com as do governo. É um projeto que está em andamento”.

13 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Lucas
    08 Out 2019 às 08:47

    É fácil saber se eles são úteis ou não, retirem todos da rua, remanejem para outra secretaria e veja como a sociedade se comporta sem fiscalização.

  • trabalhador
    07 Out 2019 às 20:16

    vcs estão brincando vejo sim os caras trabalhando sim ,espero que fiquem em pontos estratégicos e principalmente fiscalizando mal condutores e que estão ai andando se parem os carros vão pegar ,mas parar todos e getulio vargas ,15 de novembro 13 de junho prainha entrada da morada do ouro e morada da serra ,presidente marques pontos onde jamais esperam blitz ,porque dizem que ficam só proximo ao shoping e atrás de arvore ,acho que tá na hora de mostrar serviço e dar uma andada nas ruas.

  • Maiza batista
    07 Out 2019 às 17:50

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Cuiabana
    07 Out 2019 às 16:13

    Na realidade os amarelinhos são vistos no transito apenas para aplicar multas indevidas na maioria das vezes, e tambem perto de shoopins guinchando carros, para isso eles servem, agora para ajudar no transito como deveriam isso não se vê... Seria melhor abrir novo concurso colocar quem realmente quer e precisa trabalhar...

  • gilberto
    07 Out 2019 às 15:29

    Esses Amarelinhos são tão úteis como os cones que se colocam nos desvios de estrada ninguém respeita.ou inócuos como os tais radares que o Bolsonaro jogou na lata de lixo. não fiscalizam nada e só atrapalham o transito e custam uma "baba" aos cofres públicos!

  • FERNANDO
    07 Out 2019 às 14:20

    Vai ter concuros para agente de trânsito pra Cuiabá?

  • Degas
    07 Out 2019 às 13:54

    Manda o super prefeito,todo poderoso, resolver.

  • Maria Antonia
    07 Out 2019 às 13:53

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • cidão
    07 Out 2019 às 13:53

    180???? Cadê esse povo???? Ops. Tão escondido atrás dos postes multando os motoristas. Só pode.

  • Eduardo Mendes
    07 Out 2019 às 13:41

    Não entendi a matemática: se diminuiu a carga horária de 8, para 6 horas, então como o serviço que antes 1 fazia, agora são 3? Explica aí... Agora 1 trabalha 6 horas, depois precisa de mais 2 servidores pra trabalhar 2 horas a mais? Tá claro a falta de gerenciamento dos recursos disponíveis.

Sitevip Internet