Olhar Direto

Domingo, 20 de outubro de 2019

Notícias / Política MT

Amaggi encaminha à Assembleia documentos que comprovam recolhimento de Fethab

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

04 Out 2019 - 16:47

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Presidente do Grupo Amaggi, Judiney Carvalho e Wilson Santos

Presidente do Grupo Amaggi, Judiney Carvalho e Wilson Santos

A empresa Amaggi encaminhou à Assembleia Legislativa de Mato Grosso nesta sexta-feira (4) diversos documentos comprobatórios dos recolhimentos de valores pela companhia ao Estado de Mato Grosso no âmbito do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab). A entrega dos documentos atende a deliberação realizada pelos deputados estaduais da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Renúncia e da Sonegação Fiscal, instalada na Casa.

Leia também
À CPI da Sonegação, presidente da Amaggi diz que todo o setor faz operações em paraísos fiscais


A remessa da documentação, segundo a assessoria de imprensa da empresa, foi realizada antes mesmo de receber formalmente a solicitação, via ofício, por parte da CPI.

Endereçada ao presidente da CPI, deputado Wilson Santos (PSDB), a documentação consiste basicamente em guias de recolhimento da contribuição ao Fethab e nos respectivos comprovantes de pagamento.

As guias são emitidas e recolhidas mensalmente pelas filiais das empresas da Amaggi em Mato Grosso cujas atividades se enquadrem na previsão legal para recolhimento do tributo. Toda a documentação apresentada poderá também ser conferida junto à Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz), que inclusive possui mecanismo eletrônico para disponibilização de tais dados. 

O requerimento dos documentos à Amaggi havia sido deliberado pelos membros da CPI durante depoimento à comissão do presidente da companhia, Judiney Carvalho, no dia 23 de setembro.

Inicialmente agendada para outubro, a audiência do presidente Judiney Carvalho havia sido, a seu pedido, antecipada para o dia 23 de setembro. Também partiu do presidente a solicitação para que seu depoimento fosse aberto à imprensa e à sociedade em geral.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet