Olhar Direto

Domingo, 20 de outubro de 2019

Notícias / Política MT

'Desconvocado' de CPI na AL, Silval será chamado para depor novamente na Câmara

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

07 Out 2019 - 18:00

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

'Desconvocado' de CPI na AL, Silval será chamado para depor novamente na Câmara
Com convocação suspensa na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Sonegação Fiscal, onde ficaria de frente com parlamentares delatados, o ex-governador Silval Barbosa irá ser convocado para depor novamente na CPI reaberta na Câmara Municipal de Cuiabá que investiga suposta quebra de decoro do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

Leia também
Após pedido de Avalone, convocação de Silval Barbosa é suspensa na CPI da Renúncia


Convocado, a princípio, para prestar esclarecimentos sobre renúncia fiscal e sonegação no período de seu governo na Assembleia Legislativa, Silval teve seu depoimento cancelado a pedido do deputado estadual Carlos Avallone (PSDB), um dos delatados pelo ex-chefe do Executivo condenado por corrupção.

A informação da convocação do ex-chefe do Executivo na Câmara foi confirmada pelo presidente da CPI, vereador Marcelo Bussiki (PSB), que garantiu que não irá abrir mão da oitiva para esclarecer os fatos.

“Vamos convocá-lo novamente porque a resolução da antiga CPI foi dada como nula. Queremos também dar oportunidade para o novo relator Toninho e para o Joelson fazer todas as perguntas necessárias para eles formarem as convicções deles. Eu vou solicitar a sua convocação, assim como de outros que achar importante", disse o parlamentar.

A CPI que estava suspensa por determinação judicial, voltou a tramitar por conta de nova decisão da justiça.

Condenado a mais 13 anos de prisão, o ex-governador Silval Babosa cumpre hoje, após seu acordo de colaboração premiada, pena em regime diferenciado e sem fazer uso de tornozeleira de monitoramento, na cidade de Matupá.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet