Olhar Direto

Sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Notícias / Política MT

Deputado cobra prefeito por 'desvio' de R$ 20 milhões da Santa Casa para secretaria

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

22 Out 2019 - 16:36

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Deputado cobra prefeito por 'desvio' de R$ 20 milhões da Santa Casa para secretaria
O recurso de R$ 20 milhões garantido pela bancada federal à Santa Casa de Misericórdia de Rondonópolis no início do mês, não foi destinado para unidade médica e sim para a secretaria de Saúde do município. O caso, de acordo com o deputado federal José Medeiros (Pode), causa preocupação.

Leia mais
Bancada garante R$ 20 mi para Santa Casa de Rondonópolis; valor quase zera dívida


Conforme o parlamentar, o recurso, que deveria ser encaminhado diretamente para a unidade de saúde, através do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Sáude (Cnes), foi registrado como transferido para a prefeitura, o que pode configurar desvio da verba.

“Encaminhamos a verba para Santa Casa, agora ficamos sabendo que o prefeito de Rondonópolis registrou este recurso para ir direto para prefeitura. Existe um registro chamado CNES, a Santa Casa tem o dela, mas não foi neste CNES que a prefeitura registrou, e sim no da secretaria de Saúde”, afirmou o parlamentar em vídeo gravado por ele próprio nesta terça-feira (22).

“Esperamos que o prefeito sinceramente possa rever esta situação. Isso não se trata de política e sim de vida. Este dinheiro não é da prefeitura de Rondonópolis e sim um dinheiro federal para ajudar 20 municípios. É um dinheiro da população que será atendida na Santa Casa”, disse.

O recurso de R$ 20 milhões foi garantido pelos oitos deputados federais e três senadores do Estado para ajudar a unidade de saúde, referência de média a alta complexidade para os 19 municípios da região Sul do Estado, e que passa por graves problemas financeiros.

Destes R$ 20 milhões, R$ 10 milhões são oriundos da cota individual do deputado federal José Medeiros (Pode); outros R$ 7 milhões vêm do recurso impositivo que os 11 parlamentares do estado definem para investimento do Governo Federal (toda a indicação proporcional que o deputado tem direito na emenda coletiva); e os R$ 3 milhões restantes são dos outros membros da bancada.

A secretaria de Comunicação da prefeitura de Rondonópolis até o momento não se manifestou sobre o assunto.

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Carlos
    23 Out 2019 às 11:58

    Esse site poderia colocar a resposta da prefeitura, para mostrar que tem imparcialidade e interesse de informar melhor os seus leitores. Agora, falando deste deputado, ele poderia parar de fazer campanha antes da hora e ajudar mais a nossa cidade.

  • Pedro
    23 Out 2019 às 09:42

    Estranho é que esse "diligente deputado" se cala diante dos incriseis desvios ocorridos no governo Taques!!!!

  • joaoderondonopolis
    22 Out 2019 às 21:42

    O deputado sabe muito bem, que dinheiro nenhum vem da união direto para a Santa Casa. Falando em desvios, é uma politicagem, querendo classificar o prefeito Zé do Pátio como corrupto. Não adianta, Zé do Pátio será imbatível na reeleição.

  • WALTER/Brasília
    22 Out 2019 às 18:03

    É muito salutar defender a ideia da descentralização. Mas esse tipo de atitude, como o desvio de recurso destinado à Santa Casa para a Prefeitura de Rondonópolis, coloca em dúvida se os entes descentralizados estariam realmente preparados para fazer uma gestão honesta dos recursos repassados.

Sitevip Internet