Olhar Direto

Domingo, 17 de janeiro de 2021

Notícias / Política MT

Niuan critica Emanuel e é lançado pré-candidato em ato com presença de Mauro Mendes

Da Reportagem Local - Carlos Gustavo Dorileo/Da Redação - Lucas Bólico

24 Out 2019 - 20:52

Foto: George Dias

Niuan critica Emanuel e é lançado pré-candidato em ato com presença de Mauro Mendes
A vinda a Cuiabá da presidente nacional do Podemos, Renata Abreu, para ato de “apresentação” da senadora Selma Arruda ao partido, que contou com a presença do deputado federal José Medeiros e o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro, serviu como lançamento da pré-candidatura do vice de Emanuel Pinheiro (MDB) para as próximas eleições ao Alencastro.  No encontro ainda esteve presente o governador Mauro Mendes (DEM), que protagoniza há meses um enfrentamento político com Pinheiro. “Niuan só não será candidato a prefeito se não quiser”, garantiu Medeiros.

Leia também
Mauro diz que está concluindo estudo e pode apresentar reforma da Previdência este ano


E pela fala do atual vice de Emanuel, a falta de vontade não será um impedimento para o projeto político. Em entrevista coletiva, Niuan defendeu uma candidatura alternativa à que governa Cuiabá, acusou o prefeito de ser centralizador e não cumprir acordo celebrado para partilha do poder.
 
“O prefeito Emanuel Pinheiro centralizou um pouquinho as suas ações, nos deixou à parte da gestão e não foi isso que a gente tinha combinado no início da gestão. Vou caminhar com o time que eu acredito, um time que acredita no Brasil”, declarou Niuan.
 
O encontro também teve a primeira aparição pública em Cuiabá da senadora Selma Arruda depois que deixou o PSL e se filiou ao Podemos, contribuindo para que o Partido chegasse a segunda maior bancada do Senado. Para a juíza aposentada, Niuan não deve ceder às pressões que para que renuncie ao mandato de vice enquanto constrói seu próprio projeto.
 
“Não é o momento de crise que você tem que desembarcar e sair. Ele tem as atribuições como vice-prefeito e deve permanecer. Se continua sintonizado politicamente com o prefeito, isso é outra coisa”, opinou Selma, que protagonizou o ato político que aconteceu após a entrevista coletiva. A ideia, de acordo com Niuan e Medeiros, era apresentar a Cuiabá Selma como filiada do Podemos.
 
Presente no ato, o governador Mauro Mendes evitou falar em uma possívul composição com o Podemos para as eleições municipais de 2020. “A minha presença aqui é muito mais em respeito aqui à senadora Selma, ao Medeiros e tantas outras lideranças que o partido tem. Fazer política é uma das atividades que o cargo de governador requer e temos que manter uma boa relação com a bancada federal e estadual e o Podemos tem essas lideranças e estamos fazendo um dialogo para que possamos construir as melhores praticas e políticas para Mato Grosso”, afirmou.
 
Filiado por mais de uma década no PTB, partido de seu pai, o ex-senador Osvaldo Sobrinho, Niuan, que é advogado e tem 34 anos, disputou sua primeira eleição somente em 2016, como candidato à vice do atual prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

O jovem, no entanto, migrou para o PSD no ano passado, ano em que ensaiou disputar o cargo de deputado estadual, e por fim, se filiou ao Podemos no mês de agosto, após romper com o prefeito Emanuel Pinheiro.
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet