Olhar Direto

Terça-feira, 12 de novembro de 2019

Notícias / Política MT

Comissão de Ética não recebeu denúncia, mas presidente garante investigação isenta em caso Adevair

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

05 Nov 2019 - 14:50

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Comissão de Ética não recebeu denúncia, mas presidente garante investigação isenta em caso Adevair
Presidente da Comissão de Ética da Câmara Municipal de Cuiabá, o vereador Toninho de Souza (PSD) disse que até o momento não houve nenhuma representação contra o vereador Adevair Cabral (PSDB), mas garantiu que fará uma investigação isenta, caso a denúncia de assédio sexual a uma ex-servidora do município, que vieram à tona na semana passada, seja protocolada na casa de leis.

Leia também
Vereador chora na tribuna, se diz perseguido e quer quebra de sigilo telefônico


“Em relação a este caso envolvendo o Adevair Cabral ainda não há investigação porque não houve representação formal na Câmara Municipal. A Comissão de Ética só age a partir do momento que tiver uma representação e isso não aconteceu. Se alguém se sentiu ferido e quiser fazer uma representação, tem todo o direito, mas não chegou. Agora, a partir do momento que esta representação chegar na Comissão de Ética, nós vamos investigar com absoluta tranquilidade e isenção”, assegurou o parlamentar, que atualmente está passando por um processo de cassação.

Na sessão ordinária desta terça-feira (5), o vereador Abílio Junior (PSC) expôs o caso novamente, dizendo que foi procurado pela ex-servidora da prefeitura, que alega ser vítima de assédio sexual. Ela teria encaminhando inclusive fotos e conversas que comprovariam a denúncia.

O vereador também explicou que aguarda a Ong Moral fazer a representação, garantindo contra Adevair e que se a medida não for tomada, ele mesmo prestará a queixa formal na Câmara, acompanhada de pedido de cassação ao tucano.

Na mesma sessão, Adevair chorou, negou as acusações, disse que está sendo vítima de uma perseguição política e que coloca seu sigilo telefônico à disposição das autoridades policiais para investigar o caso.

“Não quero hoje atacar nenhum inimigo que está tentando colocar meu nome da lama. Estou sendo vítima de uma grande perseguição política. Como não sou corrupto, estão expondo de maneira covarde e mentirosa a minha vida pessoal, a vida de minha família e minha honra”, disse o vereador que chorou na tribuna e não conseguiu terminar sua fala.

Adevair colocou seu celular à disposição para ter seu sigilo quebrado. De acordo com ele, a íntegra das conversas revelaria que não  houve excessos da parte dele. “Eu pedi para meus advogados verificar nas delegacias, Ministério Público, até ontem não existia nenhuma representação contra mim. Ai eu fico me perguntado, por que, se a pessoas se sentiu constrangida, não gostou, por que não fez um BO contra mim na época? Três anos atrás, quatro anos atrás, cinco anos atrás.. por que não fizeram? Por que só agoira fizeram tudo isso comigo?”, questiona.

13 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • silas andrade barreto
    06 Nov 2019 às 08:15

    veremos se agora e ou nao e a casa dos horrores, estamos de olho em vcs !!!

  • Marlan
    06 Nov 2019 às 08:11

    NÃO CONHEÇO O REGIMENTO INTERNO DA CÂMARA QUE TRATA DA MATÉRIA, CONTUDO, O QUE A SOCIEDADE ESPERA E TEM DIREITO, É QUE HAJA UMA APURAÇÃO E UM ESCLARECIMENTO DESSE GRAVE FATO. NAS OBSTANTE, ENQUANTO CIDADÃO E SOCIEDADE, PENSAMOSOS QUE NADA OBSTA QUE O PRESIDENTE DE UMA COMISSÃO DE ÉTICA, DE OFICIO, POSSA DETERMINAR A APURAÇÃO DE UM NOTÍCIA-CRIME GRAVISSIMA. SE O REGIMENTO INTERNO AINDA NÃO DÁ ESSE PODER À COMISSÃO, ESTÁ NA HORA DE MIDIFICÁ-LO...OU ESTAMOS ENGANADOS?

  • Moreira
    05 Nov 2019 às 22:10

    Será que vão ter a mesma agilidade quando queriam cassar o Abílio?

  • Higor dos santos
    05 Nov 2019 às 21:26

    Parabéns Vereador Toninho de Souza por tomar essa conduta a imparcialidade lhe faz ser relator e quem não deve não tema porém, tem o seu direito de defesa. E quem é esse palhaço da corte em querer apontar alguém abilhete mostre o que voce propôs para Cuiabá.

  • Sonia
    05 Nov 2019 às 21:22

    OAbilio não perde a oportunidade de querer se dar bem e se aparecer na midia.

  • tolentino lara
    05 Nov 2019 às 21:21

    Infelizmente quem é o vereador abilio escrevo em minusculo por que esse Vereador não merece credibilidade alguma. Vai fazer algo por Cuiaba vereador de mandato único respeita quem trabalha. Parabéns Vereador Toninho de Souza por manter a sua conduta imparcial.

  • Fernando
    05 Nov 2019 às 21:19

    Quando se trabalha com transparência segue o regime certinho, parabéns vereador Toninho de Souza. Que seja investigado os dois lados.

  • Ana
    05 Nov 2019 às 21:14

    Confiamos em seu trabalho vereador Toninho à frente da presidência da comissão de ética, para investir esse caso.

  • joao
    05 Nov 2019 às 20:22

    ESSAS ELEIÇÕES VAI SER UM LIMPA, SO GENTE NOVA EM 2021

  • joao
    05 Nov 2019 às 20:22

    ESSAS ELEIÇÕES VAI SER UM LIMPA, SO GENTE NOVA EM 2021

Sitevip Internet