Olhar Direto

Terça-feira, 12 de novembro de 2019

Notícias / Política MT

Presidente da AMM critica proposta de Bolsonaro que pode extinguir 34 cidades de MT

Da Redação - Patrícia Neves

06 Nov 2019 - 10:31

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Presidente da AMM critica proposta de Bolsonaro que pode extinguir 34 cidades de MT
O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Neurilan Fraga, criticou proposta do governo Jair Bolsonaro (PSL) que poderá acarretar na extinção de 34 municípios de Mato Grosso com população abaixo de cinco mil habitantes e arrecadação própria menor que 10% da receita total. A proposta prevê que essas cidades sejam incorporadas por municípios vizinhos.

Leia mais:
MPE denuncia ex-secretário de Estado por fraude que gerou prejuízo de R$ 869 mil

A ideia integra pacote de medidas do Governo Federal para alterar a Constituição e tentar melhorar a situação das contas do setor público. Além disso, o governo pretende restringir a criação de novos municípios.

Fraga avalia que se considerar apenas as receitas IPTU, ISS e ITBI, um número significativo de municípios não afere os 10% da receita total. Ele frisou que, inclusive, existem capitais que atingem a receita total com a arrecadação própria. Na sua avaliação, considerando a localização dos municípios de Mato Grosso, a situação se agrava ainda mais. Ele exemplificou com o caso de Rondolândia, distante mais de mil quilômetros de Cuiabá.

“Se Rondolândia deixar de ser município, ficaria incorporado a Colniza. Imagine a dificuldade do prefeito, para prestar os serviços à população com o transporte escolar, postos de saúde, coleta de lixo, infraestrutura e outros essenciais. E como ficariam os servidores destes municípios?", indagou Fraga. "Olha o transtorno que isso provocaria. Recebemos com surpresa esta proposta. Estamos analisamos com muita cautela, mas de pronto, a nossa posição é contraria a extinção dos municípios de Mato Grosso” disse ele.

Segundo a assessoria da AMM, lideranças municipalista já estão se articulando com os dirigentes da Câmara e do Senado para tratar sobre a proposta do governo. O senador Wellington Fagundes, que integra uma das Frentes de Defesa dos Municípios, já está conversando com as lideranças municipalistas. Da mesma forma o deputado Silvio Costa, da Frente do Novo Pacto Federativo, também está trabalhando junto com os deputados, no sentido de discutir exaustivamente esta proposta.

Veja a lista das cidades com menos de 5 mil habitantes:
 

Araguaiana - 3.100 pessoas

 

Araguainha – 935 pessoas

 

Canabrava do Norte – 4.743 pessoas

 

Conquista D'Oeste - 4.038 pessoas

 

Figueirópolis D'Oeste - 3.494 pessoas

 

Glória D'Oeste  - 3.026 pessoas

 

Indiavaí - 2.752 pessoas

 

Itaúba – 3.802 pessoas

 

Luciara – 2.077 pessoas

 

Nova Nazaré – 3.849 pessoas

 

Nova Brasilândia – 3.829 pessoas

 

Nova Marilândia - 3.278 pessoas

 

Novo Horizonte do Norte – 4.004 pessoas

 

Novo Santo Antonio – 2.640 pessoas

 

Nova Guarita – 4.519 pessoas

 

Nova Santa Helena - 3.718 pessoas

 

Planalto da Serra – 2.662 pessoas

 

Ponte Branca – 1.576 pessoas

 

Porto Estrela - 2.963 pessoas

 

Reserva do Cabaçal – 2.732 pessoas

 

Ribeirãozinho – 2.405 pessoas

 

Rondolândia – 4.001 pessoas

 

Salto do Céu – 3.365 pessoas

 

Santa Carmem – 4.525 pessoas

 

Santo Afonso – 3.146 pessoas

 

Santa Cruz do Xingu – 2.564 pessoas

 

Santa Rita do Trivelato – 3.429 pessoas

 

São José do Povo – 4.063 pessoas

 

São Pedro da Cipa – 4.727 pessoas

 

Serra Nova Dourada – 1.650 pessoas

 

Tesouro – 3.805 pessoas

 

Torixoreu – 3.609 pessoas

 

União do Sul – 3.525 pessoas

 

Vale de São Domingos – 3.127 pessoas

25 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Magma
    07 Nov 2019 às 10:10

    Excelente decisão, sem partidarismo, a população tem que apoiar, o que é certo, tem que ser apoiado, vai baratear a administração publica, sobrará mais dinheiro para ser aplicado, para o bem da população!

  • jose ricardo
    07 Nov 2019 às 09:23

    Se fizer uma pesquisa séria, vai ver que 90% da população brasileira apoia essa medida do governo federal.

  • Neco de Mimoso
    07 Nov 2019 às 08:45

    Neurilan Fraga, diz ai para gente q pagamos os altos impostos desse Brasil, O POR QUE DE VCE NAO CONCORDAR ?? Explica ai.....vamos

  • Itamar Pinheiro
    06 Nov 2019 às 22:04

    FAZ ARMINHA QUE PASSA, XUPA CURRAL ELEITORAL KKKKK

  • Jose
    06 Nov 2019 às 20:48

    Tem que acabar com esses municípios que no produzem nada, que, depende do Estado, todos esses municípios menores de 5 mil habitantes é coisa de políticos corruptos.

  • Apoiador
    06 Nov 2019 às 20:19

    Seria melhor essa fusão for realizada antes da próxima eleições municipal ou seja em 2020

  • Gladston
    06 Nov 2019 às 15:49

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • deovaldo
    06 Nov 2019 às 15:34

    Estão indignados a classe politica e não é por menos. A mamata esta acabando, pois reduzirá o numeros de inserviveis vereadores e diminuirá o curral eleitoral de alguns deputados....kkkkkkkkkkk, Bom Demais e aqui em MT lembra riva querendo criar mais não sei quantos e mamae dilma vetou.. Hilario...Bom demais e por isso não gostam de BOLSONARO...

  • MOISÉS
    06 Nov 2019 às 15:06

    quem é Neurilan . . .??? tá com medo da têta secar . . .?????????

  • Ares
    06 Nov 2019 às 14:46

    BOLSONARO tá secando as tetas de mamação de dinheiro público tem gente desesperado é o Leão contra as hienas BOLSONARO o exterminador aniquilador de ratazanas do dinheiro público BOLSONARO não está sozinho

Sitevip Internet