Olhar Direto

Terça-feira, 12 de novembro de 2019

Notícias / Cidades

Advogada é presa por "esfregar" carteira da OAB no rosto de policial militar

Da Redação - Fabiana Mendes

08 Nov 2019 - 14:22

Foto: Rogério Florentino Pereira/OD

Advogada é presa por
Uma advogada de 28 anos, identificada como T.M.S.P. foi presa ao desacatar um policial militar e esfregar a carteira da Ordem dos Advogados (OAB) no rosto dele. O episódio foi registrado na madrugada de quarta-feira (6), no bairro Jupiara, em Campo Verde (a 140 quilômetros de Cuiabá). Na ocasião, ela e mais dois rapazes foram detidos.

Leia mais:
Mesmo presa, líder de facção criminosa ordenava crimes aos comparsas

De acordo com informações da Polícia Militar, uma equipe fazia rondas pela avenida Santa Tereza, quando avistou uma motocicleta com os faróis desligados. Na rua Sulista, o ocupante da garupa teria colocado a mão na cintura, o que fez com que disparos de bala de borracha fossem feitos pela PM.

Neste momento, de acordo com a ocorrência, o suspeito teria jogado uma sacola branca da rua. Depois de aproximadamente 50 metros, o condutor perdeu o controle e bateu a moto no meio-fio. Na ocasião, a PM fez mais um disparo e usou de força física para tentar prender os rapazes. Na sacola dispersada, haviam sete porções de maconha.

Enquanto os jovens eram abordados, uma mulher apareceu e se apresentou como mãe de um dos rapazes. Ela teria começado a gritar e desacatar os militares e dizia que eles têm o costume de "implantar" drogas.  Um PM disse que o rapaz havia sido detido por fugir da abordagem, por estar com maconha.

A mulher então contou que seria irmã do rapaz e que também seria advogada. Afirmou que iria pegar a carteira e "esfregar na cara" de um PM. Com isso, o militar teria dito que ela poderia ser presa por desacato. Mesmo assim, a mulher teria esfregado o documento no rosto do policial. Ele teria sido até mesmo empurrado para trás.

Com isso, a advogada foi algemada e os três foram encaminhados à Central de Flagrantes para as devidas providências. A Polícia Civil deverá investigar o caso. 
 

17 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Bozolino
    10 Nov 2019 às 11:42

    DIVOGADOS SEMPRE COM ESSA MANIA E PROBLEMA MENTAL EM SE ACHAR QUE É UMA OTORIDADE CONSTITUÍDA KKKKKK

  • Mari
    09 Nov 2019 às 18:18

    Olha o nível da advogada.... lamentável!

  • Reginaldo
    09 Nov 2019 às 11:54

    Com certeza a dona OAB já deve estar focada em salvar a pobre adevogada e punir exemplarmente o policial por não ficar em seu lugar! Em terra de Lula Livre, advogado esfregar carteira na cara da polícia vai ser o de menos!

  • Indignada
    09 Nov 2019 às 10:40

    Ser advogado nesse país virou sinônimo de vergonha. Qualquer advogado centrado esconde a carteira e tem vergonha de dizer que é.

  • jose de soouza
    09 Nov 2019 às 07:45

    ADVOGADA ESTA TOTALMENTE ERRADA, MAIS TAMBÉM TEM POLICIAIS ARROGANTES, PRINCIPALMENTE COM OS POBRES

  • Celina
    09 Nov 2019 às 05:40

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • José
    08 Nov 2019 às 20:08

    É o nome da criatura Olhar Direto ?

  • Moacir
    08 Nov 2019 às 19:31

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Paolo
    08 Nov 2019 às 18:27

    E tu tinha que ter esfregado a sua funcional no ... dela.

  • Ares
    08 Nov 2019 às 17:46

    Deve ter sido um enorme prazer algema lá e enfiar dentro de um camburão

Sitevip Internet