Olhar Direto

Segunda-feira, 09 de dezembro de 2019

Notícias / Cidades

Emanuel projeta entrega de mais de 900 casas do Nico Baracat II até janeiro em Cuiabá

Da Redação - Fabiana Mendes / Da Reportagem Local - Carlos Dorileo

22 Nov 2019 - 08:30

Foto: Gustavo Duarte

Emanuel projeta entrega de mais de 900 casas do Nico Baracat II até janeiro em Cuiabá
O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro pretende entregar a segunda e terceira etapa do residencial Nico Baracat até janeiro e o aniversário de 301 anos da Capital, em abril de 2020, respectivamente. A fala foi dada na manhã desta quinta-feira (21), durante inauguração da Estação de Tratamento de Água (ETA), no bairro Tijucal. São 904 casas, sendo 443 na segunda etapa e 461 na terceira. A primeira, com 360 residências, foi entregue em julho deste ano.

Leia mais:
Câmara autoriza Executivo a contrair empréstimo de R$ 5 milhões para conclusão do Nico Baracat

"Falei com o superintendente da Caixa, Governo Federal anunciou que não irá colocar mais dinheiro. Ele me disse que o Nico Baracat fica R$ 1,5 milhão e o três, que teve invasão, será R$ 2,5 milhões. Não tive dúvidas, mandei a lei para Câmara, garantindo aporte de até R$ 5 milhões, vou sancionar hoje, tomarei as medidas necessárias. Pretendo entregar até janeiro o Nico Baracat II e o III até o aniversário de 301 anos da nossa capital", afirmou.

O aporte dos recursos foi aprovado, por unanimidade, pela Câmara Municipal de Cuiabá, na última terça-feira (19). A medida visa garantir a conclusão e a entrega das Unidades Habitacionais do empreendimento Nico Baracat II e III, no âmbito do programa Minha Casa Minha Vida, promovido pela Caixa Econômica Federal.

"O Nico Baracat é uma judiação com a população mais humilde. Cabia ao município apenas o levantamento socioeconômico das famílias e sorteio das casas. Governo federal investiu R$ 75 milhões, o estadual R$ 7 milhões e ninguém quis mais dar nenhum centavo para concluir as obras", lamentou o prefeito.

Os financiamentos habitacionais destinam-se a população de baixa renda e, deste modo, contribui para a melhoria das condições de vida de um segmento da população que possui limitada capacidade de pagamento, concedendo financiamentos com subsídios.

"Graças a uma emenda do deputado Emanuelzinho, destravamos e entregamos o Nico Baracat I para a população. Ficou o restante. União e Estado dizem que não vão colocar mais nenhum centavo. E estas famílias que estão sem ter onde morar, pagando aluguel que está sacrificando o orçamento delas", pontuou Emanuel.

As 360 casas do Residencial Nico Baracat I foram entregues em 17 de junho de 2019, pelo prefeito de Cuiabá, e o superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Moacyr do Espírito Santo.

“A gestão Emanuel Pinheiro tem essa preocupação com as pessoas, é uma determinação do prefeito que sejam realizadas políticas que atendam a população que precisa da Prefeitura. E é isso que a Secretaria de Habitação tem feito e vai fazer entregando as últimas duas etapas do Nico. Tem sido uma longa espera e com essa gestão humanizada vamos conseguir levar moradia digna, como consta na nossa Constituição, ao povo de Cuiabá”, declarou o secretario de Habitação, Air Praeiro, na época.

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Moreira
    23 Nov 2019 às 07:55

    Almir de Juruena, Emanuel Pinheiro não tá dando conta nem de limpar e tapar buracos em Cuiabá. Acorda amigão. É o pior prefeito de Cuiabá da história.

  • Cleonice da Silva
    22 Nov 2019 às 13:21

    Mais não foi feito o sorteio do nico lll porque eu tô na lista dos pre aprovado

  • Elenita
    22 Nov 2019 às 10:53

    Esperamos mesmo que entreguem aos contemplados. A prefeitura deveria fazer um loteamento urbanizado para as pessoas de baixa renda. Só falta vontade política. Aí sim, ninguém ganharia a eleição do prefeito Emanuel.

  • almir de juruena
    22 Nov 2019 às 10:47

    E o prefeito Emanuel já garantiu que se o Mauro Mendes não der conta de asfaltar a 174 - trecho castanheira juruena - que ele o fará, quando sucede-lo.....

Sitevip Internet