Olhar Direto

Notícias / Política MT

Em meio a polêmica, Polícia Civil oficializa mudanças no comando da Defaz e Decor

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

05 Dez 2019 - 14:04

Foto: Assessoria/PJC

Em meio a polêmica, Polícia Civil oficializa mudanças no comando da Defaz e Decor
A direção da Polícia Judiciária Civil oficializou nesta quinta-feira (5) as equipes que ficarão à frente das Delegacias de Combate à Corrupção (Deccor) e Especializada em Crimes Fazendários (Defaz).

Leia também
Sylvio do Vale assume comando da Defaz e sindicato critica saída de delegados


As mudanças, segundo comunicado da instituição, foram tomadas diante da necessidade de adequar a estrutura para o funcionamento da nova unidade recentemente criada, a Deccor, cujas atribuições estavam anteriormente sob competência da Delegacia Fazendária e que, a partir de agora, atuará exclusivamente com investigações de crimes tributários.

Na Delegacia de Combate à Corrupção assume como titular o delegado Eduardo de Paula Botelho, cuja equipe é integrada também pelos delegados Luiz Henrique Damasceno e José Ricardo Garcia Bruno.

A Deccor foi criada para atuar em investigações de fraudes ou modalidades de corrupção praticadas na administração pública e em ações de agentes que atuem de forma isolada ou em grupo na lavagem ou ocultação de bens.

A criação das Deccor nos Estados está entre os critérios estabelecidos pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública para rateio entre as unidades da federação dos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública.

Já na Delegacia Especializada em Crimes Fazendários  (Defaz) assume como titular o delegado Sylvio do Vale Ferreira Junior, que já faz parte dos quadros da unidade policial, e como adjunto o delegado Rafael Mendes Scatolon.

As mudanças acontecem em meio a uma polêmica denúncia do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), que protocolou na Assembleia Legislativa uma queixa de possível uso da especializada para o prejudicar politicamente.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet