Olhar Direto

Segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Notícias / Cidades

Concessionária substitui redes antigas de 12 bairros em Cuiabá

Da Redação - Fabiana Mendes

05 Dez 2019 - 16:35

Foto: Reprodução

Concessionária substitui redes antigas de 12 bairros em Cuiabá
Águas Cuiabá iniciou uma ação de substituição das antigas tubulações instaladas há 40 anos na Capital por novas estruturas em PEAD, apropriadas ao transporte de água, mais resistentes e duradouras. As obras, que se iniciam neste mês, somam a implantação de 22 quilômetros de novas redes em 12 bairros e mais de R$ 4 milhões em investimentos.

Leia mais:
Águas Cuiabá intensifica combate a vazamentos e reparos; clientes podem acionar equipe por WhatsApp

O cronograma de instalações tem conclusão prevista para dezembro de 2020. Os principais bairros beneficiados com a iniciativa são Centro Sul, Dom Aquino e Porto, região mais antiga do município. Além disso, o pacote de substituições contemplará os bairros Boa Esperança, Cidade Alta, Cidade Verde, Coophema, CPA 4, Grande Terceiro, Jardim Alencastro, Jardim Alvorada e Novo Terceiro.
 
“Essa ação é uma medida definitiva para o sistema de distribuição de água, o que resultará na melhoria dos serviços prestados à comunidade local e da eficiência operacional. Além de modernizar as estruturas, a obra colabora com o controle e combate às perdas, fator que resulta no fim do desperdício de água e das paradas de abastecimento para manutenção, ocasionados por rompimentos nessas regiões. O cronograma de instalações representa, também, um importante passo em prol da sustentabilidade desse recurso hídrico”, destaca William Figueiredo, gerente operacional da Águas Cuiabá.
 
Até o final desse ano, a Águas Cuiabá terá investido mais de 140 milhões em toda estrutura de distribuição de água, com a entrega de novos reservatórios, estação de tratamento e redes de distribuição. As novas redes irão beneficiar diretamente mais 90 mil moradores, e mais de 27 mil ligações de casas, prédios, lojas, restaurantes, escolas e outros estabelecimentos presentes nos 12 bairros.
 
“Ao fim de cada trecho instalado, as regiões atendidas pelas novas estruturas podem apresentar impacto no abastecimento. Isso porque, para a ação de interligação, a rede antiga será desativada à medida que a nova começar a operar. A distribuição de água será normalizada logo após o prazo de pressurização da rede”, observa o gerente operacional. Quanto ao tráfego, a gestão de pedestres e veículos será realizada em parceria com a Secretaria de Mobilidade de Cuiabá (Semob).
 
Sobre a Águas Cuiabá – Por meio de concessão plena com validade de 30 anos, a Águas Cuiabá assumiu os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário na capital mato-grossense em 2012. A empresa atende a 565 mil pessoas e tem como objetivo universalizar o acesso da população à água de qualidade e à coleta e tratamento de esgoto. Desde 2017, faz parte da Iguá Saneamento, companhia que está presente em 37 municípios brasileiros e que alcança 7,1 milhões de pessoas com o compromisso de ser a melhor empresa de saneamento para o Brasil.
 
Sobre a Iguá Saneamento - A Iguá é uma nova companhia de saneamento, controlada pela IG4 Capital, que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas. Atualmente, está presente em 37 municípios de cinco estados brasileiros: Alagoas, Mato Grosso, Santa Catarina, São Paulo e Paraná, por meio de 18 operações que somadas beneficiam 7,1 milhões de pessoas. O alcance dos serviços prestados pela companhia a coloca entre os principais operadores privados do setor de saneamento do país. Em 2018, foi eleita pelo segundo ano consecutivo uma ótima empresa para se trabalhar pela consultoria Greate Place to Work (GPTW). Atualmente, emprega cerca de 1,5 mil pessoas. O nome Iguá é uma referência direta ao universo em que atua: em tupi-guarani, “ig” que dizer água.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet