Olhar Direto

Sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Notícias / Cidades

Polícia Federal cumpre 15 mandados contra servidores públicos que receberam propina da JBS

Da Redação - Wesley Santiago

10 Dez 2019 - 06:24

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Polícia Federal cumpre 15 mandados contra servidores públicos que receberam propina da JBS
A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (10), a segunda fase da 'Operação Porteira Aberta', que visa combater um esquema de pagamento de propinas a servidores públicos de fiscalização sanitária federal pela empresa investigada (JBS Friboi), para emitirem certificados sanitários sem terem de fato fiscalizado/inspecionado o abate de animais no local. Ao todo, são 15 mandados de busca e apreensão em Mato Grosso e outros cinco Estados.

No total, são 60 agentes que cumprem 15 mandados de busca e apreensão em Mato Grosso, Goiás, Pernambuco, Paraná, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina. Também foi expedida a mesma quantidade de Termos de Compromisso, aplicando medidas cautelares diversas da prisão, dentre elas, o afastamento de fiscais federais agropecuários.

O pagamento de propina vinha ocorrendo nas unidades da empresa situadas nos municípios de Anápolis/GO, Campo Grande/MS, Cassilândia/MS, Barra do Garças/MT, Confresa/MT, Cuiabá/MT, Diamantino/MT, Pedra Preta/MT, Vila Rica/MT, São José dos Quatro Marcos/MT, Água Boa/MT, Matupá/MT e Ponta Porã/MS.

Os investigados irão responder por corrupção ativa e passiva, além de organização criminosa, podendo pegar até 20 anos de prisão. 

A operação foi denominada 'Porteira Aberta', tendo em vista a ausência de controle dos animais e falta de inspeção dos fiscais sanitários, que permitia que o gado fosse abatido indiscriminadamente, sem qualquer empecilho.

As ordens foram expedidas pela Justiça Federal de Barra do Barças.

Por meio de nota, a empresa se manifestou. Confira a íntegra:

"A J&F esclarece que a JBS não é alvo da ação, ao contrário. A J&F contribui para o avanço das investigações. A operação deflagrada hoje pela Polícia Federal tem como base informações prestadas pelos colaboradores do grupo às autoridades".

Atualizada às 06h35 e às 15h05

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Winchester 44
    10 Dez 2019 às 15:04

    Não se esqueçam de colocar o nome de todos eles estampados em uma outra matéria, pra gente ficar sabendo quem é quem, já que amanhã vão estar soltos de novo, igual ao Lula né?

  • paes
    10 Dez 2019 às 14:32

    Falou tudo Luneta!

  • Chico Bento
    10 Dez 2019 às 09:34

    Esses servidores são muito bem remunerados, têm um monte de benefícios além dos salários. Não precisam jamais se corromper. Mas preferiram a corrupção, o erro, a pilantragem. Que paguem pelo que fizeram contra as leis e principalmente contra o povo do Brasil.

  • patriota brasil
    10 Dez 2019 às 07:30

    OD, hoje é terça feira 10 de dezembro de 2019.e não quinta feira 10 de dezembro de 2019.

  • LUNETA
    10 Dez 2019 às 07:25

    O QUE ADIANTOU ESSA GANÂNCIA? CERTAMENTE VÃO PERDER O CARGO, VAI ATINGIR FRONTALMENTE A FAMÍLIA DE CADA UM DESSES E A JBS CONTINUARÁ GANHANDO DINHEIRO EM CIMA DOS TROUXAS.

Sitevip Internet