Olhar Direto

Domingo, 19 de janeiro de 2020

Notícias / Cidades

Veja o nome dos presos em operação para combater 'disque entrega' de drogas para clientes de alto padrão

Da Redação - Wesley Santiago

11 Dez 2019 - 10:55

Veja o nome dos presos em operação para combater 'disque entrega' de drogas para clientes de alto padrão
A Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) divulgou o nome dos presos na 'Operação Deliveryman', deflagrada nesta quarta-feira (10), com o objetivo de desmantelar uma quadrilha especializada em 'disque entrega' de drogas para clientes de alto padrão.

Leia mais:
Polícia apreende carro de luxo e delegado destaca compra de imóveis e ostentação com dinheiro do tráfico

Foram presos: Natasha Montiny Barbosa da Cruz; Edson Silva de Almeida; Franquis Paulo dos Santos; Douglas Guilherme Silveira Chaves de Moraes; Yrverson Gonçalves Ribeiro; Tainara da Costa; Ruan Júnior Botelho da Silva e Irlan Oliveira do Nascimento.

As ordens judiciais, sendo oito de prisão e 16 de busca e apreensão, foram expedidas pela 13ª Vara Especializada de Delitos Tóxicos de Cuiabá e cumpridas em Cuiabá e Várzea Grande. A ação contou com a participação de 64 policiais civis da DRE, Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol) e Gerência de Operações Especiais (GOE).
 
As investigações iniciaram no mês de junho deste ano, após análise de denúncias sobre a comercialização de entorpecentes em sistema “delivery”, quando o usuário solicita a substância por telefone e recebe no local combinado para entrega.
 
Durante as investigações, foi constatada a intensa comercialização de drogas nessa modalidade, demonstrando que as entregas eram realizadas nos arredores de escolas, faculdades, bairros de classe média-alta, condomínios de luxo, Centro Político Administrativo, motéis, restaurantes, entre outros locais.

Além dos mandados, foi pedido bloqueio judicial de mais de R$ 50 mil das contas dos investigados e o trabalho de buscas visa à apreensão de bens adquiridos com atividade ilícita.

A ação foi coordenada pelo delegado Wilson Cibusky e o titular da unidade, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira.

11 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • MARCIO EÇA
    13 Dez 2019 às 10:41

    SÓ TEM PÉ DE CHINELO SE FOSSE GENTE DA ALTA NÃO SERIA DIVULGADO

  • Walter
    12 Dez 2019 às 16:36

    Não tem fotos dos compradores os políticos abençoados la de Brasília consideraram como conduta não criminosa o uso de drogas ilicitas. Ou seja, quem compra, usa, cheira, fuma não é criminoso. Fim

  • CRISTIANO ALVES
    12 Dez 2019 às 13:20

    Deixem de ser otários, quem compra droga, não comete crime! Os ricos consumidores, podem continuar se dizendo "CIDADÃO DE BEM" e arrotando que o Brasil tá complicado e violento!

  • Marcos
    11 Dez 2019 às 20:36

    Excelente trabalho. Só faltou prender também os clientes/receptadores de alto padrão $ocial. Bandido bom é bandido rico.

  • Zé ninguém
    11 Dez 2019 às 18:10

    Não é perna peluda, é a tatuagem da moça. Só tenho uma coisa a dizer a essas pessoas:Feliz Natal e um próspero ano novo na cadeia!!!

  • Geezus
    11 Dez 2019 às 14:30

    Senhor e essa perna peluda da “moça”

  • Babalu
    11 Dez 2019 às 14:25

    Agora todos com cara de santinhos/anjinhos

  • James Marcelo
    11 Dez 2019 às 13:48

    Parabéns ao nobre Delegado pelo trabalho incessante contra o tráfico de drogas! Essa turma toda é do Pedregal!

  • pedalada
    11 Dez 2019 às 13:28

    Dá pra ver que é pobre, por isso colocaram o nome completo e não as iniciais.

  • jose
    11 Dez 2019 às 12:57

    O cara de tornozeleira eletrônica praticando crime normalmente, sinal que o sistema e falho.

Sitevip Internet