Olhar Direto

Terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Notícias / Política MT

Botelho diz que aumento na alíquota previdenciária é prioridade e precisa ser aprovada esta semana

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

15 Dez 2019 - 16:56

Foto: Fablicio Rodrigues/AL

Botelho diz que aumento na alíquota previdenciária é prioridade e precisa ser aprovada esta semana
O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM) declarou que a proposta do Executivo de aumento da alíquota da previdência de 11% para 14% na contribuição de servidores públicos do Executivo, do Legislativo, do Judiciário, do Ministério Público Tribunal de Contas e Defensoria Pública será tratada como prioridade e que precisa ser aprovada ainda nesta semana, antes dos feriados de natal e ano novo.

Leia também
Fórum Sindical diz que proposta do Governo sobre alíquota previdenciária irá massacrar trabalhadores


A proposta que foi aprovada pelo Conselho de Previdência do Estado e lida no Plenário da Assembleia Legislativa, causou polêmica e teve rejeição por parte da maioria dos servidores do Estado.

De acordo com Botelho, uma audiência pública está marcada na segunda-feira (16) para todos os envolvidos entrarem em um acordo, para que a proposta seja aprovada até no máximo na próxima sexta-feira (20).

“A previdência é prioridade e eu já convoquei os deputados para falar que esta matéria nós vamos ter que aprovar até a semana que vem. Teremos audiência, vamos ouvir todos para fazermos ajustes, mas temos que aprovar isso até esta semana. A alíquota é prioridade e é uma causa que tem que ser feita”, disse o parlamentar, explicando que o próximo passo será discutir as regras da aposentadoria.

“Depois temos que discutir a regra de aposentadoria porque temos um plano para que isso se torne viável. Além desta alíquota, temos que mudar a regra da aposentadoria. As pessoas que aposentam com 45 anos, não vai poder mais. Temos que passar isso para 60, 65 para a previdência se tornar viável. Senão vamos ter que aumentar a alíquota lá na frente novamente. Estas regras de aposentadoria tem que ser modificadas e aprovadas”, afirmou.

A  mudança na alíquota deve enfrentar resistência da oposição e servidores públicos já manifestaram que irão se mobilizar para tentar modificar o texto que irá para votação. Representantes do Fórum Sindical classificaram a que a alteração na alíquota irá massacrar a classe trabalhadora.

Caso seja aprovada pela Assembleia Legislativa, o aumento da alíquota de contribuição passa a vigorar quatro meses após a publicação oficial.

30 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • kono
    16 Dez 2019 às 11:25

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • kono
    16 Dez 2019 às 11:15

    7,5% para quem ganha até mil reais 9% até dois mil reais 11% até três mil 13% até quatro mil e 14% para os que ganham cinco mil ou mais, assim é o mínimo que esses políticos podem fazer para serem justos.

  • kono
    16 Dez 2019 às 11:15

    7,5% para quem ganha até mil reais 9% até dois mil reais 11% até três mil 13% até quatro mil e 14% para os que ganham cinco mil ou mais, assim é o mínimo que esses políticos podem fazer para serem justos.

  • alexandre
    16 Dez 2019 às 10:34

    Os poderes, não pagam a parte patronal...do fundo , alô CGE....

  • Maria Antonia
    16 Dez 2019 às 10:34

    Nobre deputado , porque o senhor não ajuda o governo a baixar a contribuição dos repasses a outros poderes que tem o luxo de fazerem caixa e gastarem com obras luxuosas , como exemplo o predio da justiça que fica de frente a SEMA , como o complexo de juizados que esta sendo contruido no fundo do forum do centro policito orçada em mais de 50 milhões inicias ...vai te cata cliente de Bere o senhor só sabe quere meter ferro no rabo do sevidor do executivo

  • Nilza
    16 Dez 2019 às 10:12

    SENHOR DEPUTADO BOTELHO TEM DE FAZER A REFORMA SIM, MAIS NÃO ADIANTA DE NADA AUMENTAR A ALÍQUOTA DA PREVIDÊNCIA DE MT. EM 14% PARA OS SERVIDORES PÚBLICO PAGAREM O ROMBO QUE FIZERAM E CONTINUA FAZENDO NO MT PREV.

  • Moacir
    16 Dez 2019 às 09:50

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • José
    16 Dez 2019 às 09:11

    Com a politica atual, tudo se tornou prioridade principalmente em detonar o servidor, emquanto os diritos desses politicos e financeiros permanecem mantidos com essa situação o que resta aos servidores?

  • alexandre
    16 Dez 2019 às 09:11

    presente de natal dos servidores, REDUÇÃO SALARIAL DE 3%...

  • Olívio Neto
    16 Dez 2019 às 08:55

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet