Olhar Direto

Terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

Notícias / Política MT

​“Agradeço, mas não sou candidato”, desconversa Botelho sobre ‘jingle’ e campanha ao Senado

Da Reportagem Local - Érika Oliveira/ Da Redação - Lucas Bólico

16 Dez 2019 - 15:48

Foto: Marcos Lopes/ AL-MT

​“Agradeço, mas não sou candidato”, desconversa Botelho sobre ‘jingle’ e campanha ao Senado
O deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) se apressou em desmentir interesse em disputar a vaga ao Senado aberta com a cassação de Selma Arruda (Pode), confirmada na última terça-feira (10), pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No último fim de semana, circulou vídeo em que o músico Pescuma canta aquilo que poderia ser um jingle da campanha de Botelho ao Senado. Além disso, viralizou uma imagem com um slogan para o presidente da Assembleia Legislativa.

Leia também:
Na semana da cassação de Selma, deputado ganha “jingle” e slogan para campanha

“Eu não sou candidato. Eu agradeço, mas eu não sou candidato”, garantiu Botelho, ao ser questionado sobre as publicações nas redes sociais. “Isso está totalmente definido. Também não estou trabalhando para vir para o TCE. Esquece tudo isso. Não estou atrás e nem quero. Se tem uma coisa que eu não tenho vontade, é de vir pra cá. Já falei para Wilson [Santos], já falei para todos os deputados”, finalizou Botelho, em entrevista concedida antes da posse de Guilherme Maluf na presidência do TCE.
 
O DEM, partido de Botelho, ainda define qual estratégia deve definir diante da eleição suplementar ao Senado. Ala defende candidatura própria, seguindo orientação nacional, que é a de buscar aumentar a bancada da agremiação. Outro grupo, no entanto, defende que se mantenha apoio à candidatura de Carlo Fávaro (PSD), que foi candidato ao Senado na chapa que elegeu Mauro Mendes (DEM) governador e Jayme Campos senador em 2018. Fávaro ficou em terceiro, na disputa que era por duas vagas.
 
O grupo que defende candidatura própria aponta o nome de Botelho como opção viável para enfrentar a disputa. Além dele, são lembrados o ex-governador Julio Campos (DEM) e o atual líder do governo na Assembleia, deputado Dilmar Dal’ Bosco (DEM), por exemplo.
 
Confira abaixo o “jingle” de Botelho que circula nas redes sociais e o slogan compartilhado por meio de aplicativos de conversa:




2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Ubiratam Marques Jr
    16 Dez 2019 às 19:04

    E os processos da Operação BERERE , quando será julgados pelo Poder Judiciário, nunca ou breve.

  • Gustavo
    16 Dez 2019 às 16:33

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet