Olhar Direto

Sábado, 22 de fevereiro de 2020

Notícias / Política MT

Botelho relembra origem humilde do pai e agradece homenagens de colegas e servidores

Da Redação - Vinicius Mendes

18 Jan 2020 - 10:16

Foto: Olhar Direto / Reprodução

Botelho relembra origem humilde do pai e agradece homenagens de colegas e servidores
Foi sepultado na manhã deste sábado (18) Benedito Caetano Botelho, pai do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (DEM). Várias autoridades foram ao velório prestar seus sentimentos ou enviaram homenagens à família. O presidente da ALMT relembrou o passado humilde do pai e agradeceu a todas as palavras de conforto que recebeu.
 
Leia mais:

Autoridades prestam solidariedade a Eduardo Botelho após morte de pai
 

Benedito Caetano Botelho tinha 95 anos de idade.  No velório várias coroas de flores enviadas por colegas, servidores e amigos da família foram expostas. Deputados como Max Russi, Dilmar Dalbosco, Nininho, o senador Jayme Campos, entre outros políticos e vários servidores enviaram coroas de flores. Botelho agradeceu as homenagens.
 
“Recebemos muitas visitas, muitos amigos, pessoas que são amigas dele também, alguns que ainda estão vivos, da época dele, então ele recebeu muitas homenagens, de muita gente”, disse o deputado.
 
O presidente da ALMT ainda afirmou que era muito próximo do pai, já que quando criança trabalhou com ele na roça e também em feiras. Ele relembrou que seu pai teve uma vida humilde e de muito trabalho.
 
“Evidentemente que nós, apesar de já estarmos esperando, pois ele estava muito doente e já com uma idade avançada, mas a gente sente muito. Ele foi uma pessoa muito humilde, trabalhava na roça, depois veio para a cidade trabalhar nas feiras, e eu especialmente sou um dos que mais sente, porque eu convivi mais com ele, fiquei um tempo na roça, vim para a cidade já com quase 11 anos de idade, fui para trabalhar na feira com ele, fazia viagem também com ele para o nortão, porque quando começou a abrir a região ele ia para lá, então eu hoje estou muito sentido”, contou.
 
Políticos como Oscar Bezerra e a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos, estiveram no velório um pouco antes do enterro. Lucimar afirmou que ela e Jayme são muito amigos da família de Botelho e que todo o Estado deve muito ao trabalho de Benedito e seus filhos.
 
“Eu e Jayme somos muito amigos da família, e logicamente um pai numa idade como essa, uma pessoa de muita sabedoria, que soube criar todos os filhos, uma pessoa que já deu muito de si para Livramento, para Várzea Grande, Cuiabá, e com seus oito filhos, que também trabalham muito pelo nosso Estado, então é nosso dever estar aqui prestando mais essa homenagem e esta solidariedade à família, é com muito sentimento que nós registramos a nossa presença no dia de hoje”, disse.
 
O velório foi realizado na Capela Jardins em Cuiabá, desde o final da tarde de sexta-feira (17) até a manhã de sábado (18). O enterro ocorreu no Cemitério Municipal de Várzea Grande.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Ezio
    18 Jan 2020 às 13:57

    Descanse em paz Sr. Benedito. Força e fé aos familiares nesse momento.

  • Alemão do CPA
    18 Jan 2020 às 11:27

    Muita manchete pra esse desconhecido. Segue o bonde.

Sitevip Internet