Olhar Direto

Domingo, 16 de fevereiro de 2020

Notícias / Cidades

PMs são presos por agredir e efetuar disparos contra clientes de um bar

Da Redação - José Lucas Salvani

18 Jan 2020 - 16:30

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto/Reprodução

PMs são presos por agredir e efetuar disparos contra clientes de um bar
Dois soldados da Polícia Militar de Sorriso (a 398 km de Cuiabá), identificados como Ezio Souza Dias e Weberth Batista Ribeiro, ambos de 30 anos, foram presos acusados de agredir e efetuar disparos contra clientes de um bar do município, na noite desta sexta-feira (17). Uma mulher (44 anos) que passava próximo ao bar, na Avenida Tangará, foi atingida no rosto e pescoço. Ela já passou por uma cirurgia e seu quadro é estável.

Leia mais:
Criminosos mantém jovem em cárcere privado por dois dias e pedem resgate de R$ 3 mil

A denúncia foi feita a central por diversas pessoas. Ao chegar no local, a mulher já havia sido socorrida e encaminhada para o Hospital Regional do município. Ao chegar na unidade de saúde, a médica de plantão afirmou que ela foi atingida no rosto e pescoço. De acordo com a assessoria da Polícia Militar, a vítima está internada e em estado estável, após passar por uma cirurgia.

Testemunhas anônimas afirmaram que os policiais foram identificados como Ribeiro e Ezio. Diante dos fatos, a PM realizou buscas para localizar os suspeitos. Ribeiro foi encontrado na casa de sua mãe, no bairro Rota do Sol, e Ezio foi localizado no alojamento do 12º Batalhão da Polícia Militar (BPM). Ambos estavam dormindo quando foram abordados pela Forças de Segurança e não apresentaram resistência para serem conduzidos até uma delegacia

No quarto de Ezio foi encontrado um revólver com seis munições deflagradas. Ao ser questionado, ele afirmou não saber de quem era a arma de fogo. O revólver foi apreendido e deve passar pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) para análise balística.

Segundo o comando da Polícia Militar, os dois foram autuados em flagrante pela Polícia Judiciária Civil (PJC) e estão presos em uma unidade militar local. A Corregedoria já foi informa e ambos irão responder na justiça comum, além de responder um processo administrativo no âmbito da Polícia Militar.

Confira na íntegra a nota enviada pela Polícia Militar.

O comando da Polícia Militar em Sorriso informa que os dois policiais, ambos soldados, apontados como autores de agressões e de disparos de arma de fogo em um bar da cidade, ferindo uma pessoa com projétil de arma de fogo, uma mulher de 44 anos, foram presos em flagrante pela Polícia Militar e autuados em flagrante pela Polícia Civil. Os dois estão presos na unidade militar local. A Corregedoria da PM foi informada do ocorrido. Além de responder na justiça comum, os dois policiais irão responder processo administrativo no âmbito da Polícia Militar. A vítima passou por cirurgia e está internada, o quadro dela é estável.

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • P/Que feio
    20 Jan 2020 às 09:06

    O BO é um Doc Publico e os nomes estará a disposição no site do TJ e MPE!Os nomes do meliante sera publicado por qualquer jornal,blog, grupo de fofoca etc.Se não quer aparece, ande correto!

  • Velho Chico
    19 Jan 2020 às 13:56

    Uai Mendonça, você por acaso é parente de um desses policiais? Quem não deve não teme.

  • Que feio
    19 Jan 2020 às 11:19

    A Lei de Abuso de Autoridade ja esta em vigente. Os Policiais que tiveram os nomes expostos podem contatar qualquer advogado e proceder com as medidas cabíveis.

  • Bozolino
    19 Jan 2020 às 10:01

    VIVA BOZONARO...FAZ ARMINHA QUE PASSA

  • José Carlos
    18 Jan 2020 às 23:52

    Engraçado o nome dos policiais são colocados a disposição. Agora de quem mata, estupra, rouba, furta e etc. Não pode. É contra a lei. Bando de sem vergonha, hipócritas.

  • Gumercindo do Dom Aquino
    18 Jan 2020 às 17:41

    O critério para admissão de novos soldados na corporação deve ser mais rigoroso e mais técnico. Parece que pessoas despreparadas e com índole duvidosa estão sendo admitidas pela PM. A população corre riscos eminentes com esse tipo de policiamento. Esses dois elementos representam uma banda podre da nossa polícia militar e precisa ser extirpada urgentemente. O nível de políciais nas ruas chega ser preocupante. Com a palavra o nobre comandante da PM.

  • Mendonça
    18 Jan 2020 às 17:36

    PORQUE JÁ DIVULGARAM OS NOMES DOS POLICIAIS, CADE A NOVA LEI DE ABUSO DE AUTORIDADE, QUE DIZ QUE NÃO PODEM DIVULGAR NEM AS INICIAIS DOS NOMES, QUANDO É BANDIDO NINGUÉM DIVULGA NEM AS INICIAIS DOS NOMES.

Sitevip Internet