Olhar Direto

Quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Notícias / Política MT

Medeiros se reúne com ministro Sérgio Moro e viabiliza helicóptero para PRF de MT

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

22 Jan 2020 - 11:13

Foto: Assessoria

Medeiros se reúne com ministro Sérgio Moro e viabiliza helicóptero para PRF de MT
Em reunião com o ministro da Justiça Sérgio Moro nesta terça-feira (21) para discutir medidas estratégicas de combate ao crime organizado em Mato Grosso, o deputado federal José Medeiros (PODE) solicitou o envio de um helicóptero para a Polícia Rodoviária Federal do Estado e foi atendido.

Leia também
TRE-MT marca para 26 de abril eleição suplementar para a vaga de Selma no Senado

"O ministro Moro prontamente atendeu ao pedido e em breve Mato Grosso receberá uma aeronave para reforçar o policiamento na região de fronteira. Equipado com tecnologia para visão noturna, o helicóptero ampliará significativamente a capacidade operacional de enfrentamento ao crime na região. Além disso, a aeronave será destinada também para o resgate aeromédico nas rodovias e para o combate a incêndios", informou o vice-líder do governo Jair Bolsonaro na Câmara Federal.

Além do helicóptero, Medeiros também manifestou a necessidade de se ampliar o efetivo da PRF no estado com o objetivo de criar um Grupo Tático para Fronteira.

"O grupo tático vai atuar entre Cuiabá e Comodoro. As drogas e o armamento que abastecem boa parte do crime organizado em nosso país entram por Mato Grosso por uma fronteira seca de mais de 750 quilômetros. Em uma região de 29 municípios próximos a Bolívia, ou seja, é muito mais eficaz atuarmos no atacado do que no varejo dos grandes centros. Sempre digo que não adianta mais "enxugar gelo" nas cidades brasileiras se não tiver uma política de segurança que de fato combata o tráfico em estados por onde entra as drogas e armas", afirmou o deputado, que é policial rodoviário federal licenciado.

Ainda conforme o deputado, o combate ao tráfico em Mato Grosso será tratado como prioridade pelo ministro da Justiça, que garantiu que investimentos estão sendo realizados na busca de mais resultados através de uma atuação mais ostensiva nas regiões de fronteira.

"A pedido do deputado José Medeiros, que também é oriundo da área da segurança pública, vamos fortalecer as forças policiais de Mato Grosso e com isso intensificar o combate ao crime no Brasil", frisou Sérgio Moro, que também destacou a atuação de Medeiros na vice-liderança do governo Bolsonaro. "Tem nos ajudado muito no Congresso Nacional".

O deputado José Medeiros aproveitou o encontro para convidar o ministro Sérgio Moro para conhecer o trabalho da PRF na região fronteiriça de Mato Grosso. "O ministro ficou de avaliar uma data em sua agenda para visitar o nosso estado", concluiu Medeiros.

11 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Zumbi
    23 Jan 2020 às 14:09

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • adelino bissoni
    23 Jan 2020 às 10:44

    Parabens Medeiros, sempre trabalhando para melhorar nosso estado.

  • Luciana
    22 Jan 2020 às 15:38

    O helicóptero será bem vindo para o Estado para o combate à criminalidade,porém o Deputado devia também pedir uma verba para o Ministro contratar uma empresa de recursoa humanos e oferecer um curso para os policiais rodoviários técnicas de abordagem com mais educação,civilidade,respeito ao condutor que paga os impostos para manter o aparato e os serviços de segurança do Estado e da União.

  • Fabio
    22 Jan 2020 às 14:14

    Parabéns deputado, o Sr Sempre trabalhando para Mato Grosso.

  • Saulo
    22 Jan 2020 às 14:14

    Parabéns Medeiros, assim que deve atuar um representante do povo.

  • Arão Alves da Silva
    22 Jan 2020 às 13:58

    Não vejo quaisquer impedimento legal quanto a contratação do Profissional Bruno,pois quê,este já cumpriu fração da pena a ele imposta,cujo período lhe dá o direito de progressão de regime,forma na legislação da lei de execução penal,dá amparo legal,com o intuito de ressocializar o recluso. E outra,o crime cometido fora igualmente a quaisquer um da mesma natureza,que hoje estão ressocialização,sem notícias de que tenha voltado a delinquir. Isso é um exagero a esse rapaz,absolutamente desnecessário. Nós não temos em nossa Carta Maior, nenhum artigo que defenda ou imponha a prisão perpétua. Vamos ressocializar o rapaz,quantas chances não se deu a outros com barbárie,e porque em relação a ele agirem diferente?

  • Arão Alves da Silva
    22 Jan 2020 às 13:58

    Não vejo quaisquer impedimento legal quanto a contratação do Profissional Bruno,pois quê,este já cumpriu fração da pena a ele imposta,cujo período lhe dá o direito de progressão de regime,forma na legislação da lei de execução penal,dá amparo legal,com o intuito de ressocializar o recluso. E outra,o crime cometido fora igualmente a quaisquer um da mesma natureza,que hoje estão ressocialização,sem notícias de que tenha voltado a delinquir. Isso é um exagero a esse rapaz,absolutamente desnecessário. Nós não temos em nossa Carta Maior, nenhum artigo que defenda ou imponha a prisão perpétua. Vamos ressocializar o rapaz,quantas chances não se deu a outros com barbárie,e porque em relação a ele agirem diferente?

  • Tavarez
    22 Jan 2020 às 12:36

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Maria Alice Pedra 90
    22 Jan 2020 às 12:32

    Passada amiga. Sérgio Moro é nanico. Kkkk.

  • Ana Beatriz
    22 Jan 2020 às 12:04

    Só de ver Sérgio Moro, já fico feliz!