Olhar Direto

Quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Notícias / Meio Ambiente

Vídeo flagra grande quantidade de lixo no Rio Cuiabá; Balsa Ecológica passa por manutenção

Da Redação - Fabiana Mendes

22 Jan 2020 - 11:40

Foto: Reprodução

Vídeo flagra grande quantidade de lixo no Rio Cuiabá; Balsa Ecológica passa por manutenção
Um guia de turismo flagrou uma grande quantidade de lixo no Rio Cuiabá, durante um passeio de lancha, na tarde de terça-feira (21). Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o entulho boiando na água. É possível ver até mesmo uma geladeira. No local, deveria estar atuando uma Balsa Ecológica, instalada pela Prefeitura de Cuiabá.

Entretanto, de acordo com a assessoria de imprensa, ela não funcionou na última semana, pois a Locar Gestão de Resíduos, responsável pela execução do serviço, estava fazendo manutenção do motor. O serviço deve ser retomado nesta quarta-feira (22). 

Leia mais:
Moradores de Cuiabá podem trocar material reciclável por recarga de celular, cartão de transporte e descontos

Conforme posicionamento da Prefeitura, emitido por meio de nota, além da coleta fluvial, periodicamente, uma equipe com cerca de 30 servidores realizam na margem do Rio Cuiabá o trabalho de recolhimento do lixo descartado irregularmente. Uma média de cinco a seis toneladas de lixo são recolhidas do leito mensalmente

A Balsa Ecológica faz parte do novo contrato de prestação de serviço assinado entre o Município e a empresa. Em funcionamento desde junho do ano passado, o equipamento possui 7,20 metros de comprimento, 3 metros de largura e laterais com 1.10 metro de altura, com tela de uma polegada. Além disso, o piso é construído com chapa de aço e forrado com borrachão, garantindo a segurança aos coletores.

Gustavo Duarte / Prefeitura de Cuiabá
 
Devido a preocupação com questões ambientais, o Município lançou um programa de reciclagem em que os participantes podem acumular pontos que serão trocados por benefícios como recarga de celular, cartão de transporte e desconto nas livrarias Saraiva. A ação faz parte do programa Cidade Limpa e visa incentivar a reciclagem de materiais como alumínio e garrafas pet. Em uma das máquinas instaladas no Parque das Águas, foram recolhidos 640 litros de produtos recicláveis nesta semana.

Veja vídeo do lixo no Rio Cuiabá: 

 

Veja nota na íntegra da Prefeitura de Cuiabá: 

Em relação à Balsa Ecológica, a Prefeitura de Cuiabá informa que:

- A Balsa Ecológica está em funcionamento desde junho de 2019. 

- Todos os dias ela percorre o trecho de 5 km da Ponte Nova até a comunidade de São Gonçalo Beira Rio. 

- Em setembro, o equipamento teve o motor furtado e o serviço foi retomado em novembro.

- Na última semana, a Balsa teve a atividade suspensa para a realização da manutenção de rotina em todo equipamento e volta a funcionar normalmente na tarde desta quarta-feira (22). 

- Conforme levantamento da Secretaria de Serviços Urbanos, uma média de cinco a seis toneladas de lixo são recolhidas do leito do Rio Cuiabá, mensalmente.

- Destaca que, além da coleta fluvial, periodicamente, uma equipe com cerca de 30 servidores realizam na margem do Rio Cuiabá o trabalho de recolhimento do lixo descartado irregularmente.

- Dessa forma, o Município reforça que todas as atividades de limpeza somente terão efetividade se houver uma participação ativa da população dentro desse processo.

13 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • JORGE1
    23 Jan 2020 às 08:36

    Somente uma balsa é insuficiente! Porém, de nada adianta se só o município de Cuiabá quem faz a coleta, se os outros municípios que margeiam o Rio Cuiabá não fizerem o mesmo.

  • Renato
    23 Jan 2020 às 07:41

    E o problema é o canudinho? kkkkkk este é o país da piada pronta.

  • Claudio
    23 Jan 2020 às 06:17

    Caro Chico Bento, vc já foi em alguma escola e verificou no PPP se de fato ñ há projetos de Educação Ambiental? Vc sabe o q é Educação Ambiental? Vc sabe q a Educação Ambiental perpassa por políticas públicas? Nós últimos anos, em especial os dois últimos, a secretaria de educação ñ financia nenhum projeto escolar, como por exemplo o projeto horta. Se o professor quiser, que faça rifa ou pague do bolso. Então caro Chico Bento, vá até a escola do seu bairro ou sua cidade e fomente a Educação Ambiental. Obrigado.

  • Professora
    23 Jan 2020 às 06:13

    Como o ser humano degrada o ambiente am que vive. Não deve - se culpar a falta da balsa pelo lixo, mas sim a população que não tem um ponto de sensibilidade e respeito, porque consciência do ato existe

  • Luana
    22 Jan 2020 às 23:05

    Já fui várias vezes no rio Cuiabá, é essa balsa de coleta sempre está no mesmo ponto. A região para cima de onde ela sempre está parada tem um mau cheiro insuportável, e é nítido que cai muito lixo exatamente como está a imagem registrada. Decepcionante como cuiabana ver nosso rio abandonado . Descaso absoluto.

  • Cidadão
    22 Jan 2020 às 18:58

    Sr José o problema seria sanado se o povo que se diz inteligente ,tivesse um mínimo de educação,se colocar redes de contenção e capaz de serem roubadas isso sim...

  • Zeca
    22 Jan 2020 às 14:40

    O Rio Cuiabá é o o motivo da existência da Cidade. Primeiro pela navegação quando viajantes bandeirantes vinham de São Paulo para a região, a procura de prear índios e do ouro. Com o surgimento do povoado, o rio continua sendo o aspecto mais importante do crescimento populacional, econômico, social e abertura de novas frentes, inclusive para o aumento do território brasileiro. Durante mais de dois séculos seu leito transportou e viu o desenvolvimento dos sertões brasileiros. Sua água deu de beber aos homens, animais silvestres, domésticos e de tração. Suas centenas de espécies de peixes alimentou e alimenta milhões de pessoas até hoje. Transportou cargas de alimentos, ouro, ferramentas pessoas comum e autoridades. Hoje vê-se nessa situação, devido a falta de educação, respeito e consideração dos seres humanos relapsos e inconscientes com a preservação do meio ambiente, em espacial ao líquido mais precioso do planeta que é a água.

  • Dejalma Macedo
    22 Jan 2020 às 13:19

    A prefeitura de Várzea Grande como de todo os municípios do rio acima e da baixada tem que tomar providências para evitar o descarte de lixo e esgoto no Rio Cuiabá. Esse trabalho só terá um resultado eficaz se todos unirem para coletar o lixo antes de chegar no rio. O rio não pode e não deve ser usado como depósito ou veículo do lixo e esgoto inatura. Uma vez que os córregos deságua no rio trazendo todos dejetos.

  • Leonardo
    22 Jan 2020 às 13:16

    Quem fiscaliza esse contrato?

  • Chico Bento
    22 Jan 2020 às 12:56

    Aí está uma mostra da educação ambiental do povo de Cuiabá! Vejo professores reclamando dos salários e fazendo greves, mas nenhum se atenta para um projeto nas escolas sobre educação ambiental. Até quando continuará assim?