Olhar Direto

Sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

PT define no próximo fim de semana nome para disputar Senado; Lula deve vir para campanha

Da Redação - Max Aguiar

10 Fev 2020 - 09:00

Foto: WORKERS PARTY (PT)/AFP

PT define no próximo fim de semana nome para disputar Senado; Lula deve vir para campanha
O Partido dos Trabalhadores (PT) confirmou que a escolha do nome para a disputa suplementar ao Senado será nos dias 15 e 16 deste mês em reunião com membros da sigla, em Cuiabá. A eleição para decidir quem assumirá a vaga da senadora cassada Selma Arruda (Podemos) será no dia 26 de abril. 

Leia mais:
Leitão afirma que rótulo de candidato do agronegócio não é real: “sou urbano”

O local ainda não foi confirmado, mas segundo a deputada federal Rosa Neide Sandes, em entrevista à Rádio Capital FM, alguns nomes já estão cotados e passarão por escolha entre os participantes do diretório estadual. 

“Alguns nomes já foram citados e definiremos tudo no fim de semana. O ex-deputado Carlos Abicalil está cotado, o deputado [Valdir] Barranco, o deputado Lúdio [Cabral], todos têm chance de concorrer, mas a escolha será da maioria”, disse a parlamentar. 

Além desses citados pela deputada, o partido também confirmou que o suplente de deputado estadual, Henrique Lopes, liderança inconteste no movimento sindical e popular, professora  Enelinda Scalla e Edna Smapaio serão importante para a construção da chapa partidária no processo suplementar. Por enquanto, nenhum membro do partido confirmou participação do Psol ou PC do B no encontro. 
 
Para Rosa Neide, Abicalil é o que mais tem chance ser o escalado para a disputa, segundo o que ela ouviu entre os membros do partido. “Eu votaria para que o deputado Abicalil assuma esse posto e vá para as eleições. Acho que ele está mais credenciado e os membros do partido, me parece que em sua maioria também acham isso. Mas, para que não haja desentendimento ou discussão, a escolha será feita em uma reunião”, frisou a deputada. 

Apoio forte

O PT de Mato Grosso, após decisão do nome para disputa do Senado, começa a batalha para  contar com a vinda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Mato Grosso. “Teremos um diálogo com a nacional para a vinda do ex-presidente. Há um entendimento de que a eleição é do interesse da nacional. O PT entende a importância dessa disputa, que muda a configuração política aqui em Mato Grosso. Mas sabe que é uma eleição nacionalizada, pois é a única acontecendo no país”, disse a integrante do diretório estadual do PT, Edna Sampaio.

Edna ainda destacou que a vinda de Lula para a participação desse pleito engrandece e ajuda muito na volta por cima do partido não só em Mato Grosso, mas no Brasil. “Já foi destacada a importância dessa luta pelo Senado. Já sabemos que o PT vai pro pleito. Por isso vamos lutar muito para trazer o presidente Lula até Mato Grosso para que ele caminhe de mãos dadas com nossos militantes”, concluiu.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet