Olhar Direto

Sexta-feira, 03 de abril de 2020

Notícias / Esportes

Mixto investiga participação de atletas em baile funk na véspera de derrota para Operário

Da Redação - Max Aguiar

10 Fev 2020 - 17:07

Foto: Gil Gomes / Assessoria Mixto EC

Mixto investiga participação de atletas em baile funk na véspera de derrota para Operário
Um fato curioso e também inadmissível no futebol está sendo investigado pela diretoria do Mixto Esporte Clube. Segundo informações de bastidores, oito jogadores do time alvinegro cuiabano participaram de um baile funk na madrugada de domingo (09). O evento regado a bebidas alcóolicas e com presença de mulheres aconteceu horas antes do clássico contra o Operário de Várzea Grande.

Leia também:
Operário de VG chama atenção ao chegar em circular para jogo da Copa do Brasil; veja
 
O desgaste dos atletas era visível em campo, segundo o presidente do Mixto, Valter Hudson, e culminou na derrota por 4x0, na Arena Pantanal. Segundo o cartola, uma reunião será feita nesta segunda-feira (10) para decidir se vão mandar os atletas embora ou outro tipo de punição. “Primeiro vamos saber até onde tudo é verdade e o que aconteceu naquela madrugada”, comentou.
 
Valter ainda destacou que além dos atletas, uma devassa deve acontecer com o comando técnico do time, que deve passar por total reformulação e jogar as três próximas partidas que ainda restam para o Mixto.
 
“Isso não existe. O que chegou até mim é que houve um baile funk no hotel que eles estão hospedados e os oito atletas ficaram até amanhecer o dia festando. Isso não pode acontecer nem aqui e nem em nenhum lugar do mundo. Futebol é coisa é coisa séria. Estamos investigando toda situação e se for confirmado tudo isso, com certeza haverá punição”, disse o presidente.
 
Não bastasse a goleada em campo e diversos problemas extracampo, o diretor alvinegro disse que o Mixto não tem “plano B” para essa situação. “Se mandar embora todo mundo temos que refazer o time e esperar a classificação para a próxima fase do Campeonato Mato-grossense. Tudo isso em tempo recorde. Temos 9 pontos para disputar e precisamos de 5 para classificar. Vamos em busca disso, mas primeiro o clube tem que mostrar que tem direção e os jogadores respeitarem a torcida e a instituição que tem mais de 80 anos”.
 
O nome dos atletas envolvidos no possível baile funk e o hotel do acontecimento não foram divulgados. “Eu não estava na cidade, cheguei já na hora do jogo e vi aquela goleada. Perder é normal, é do jogo, mas não podemos admitir que pisem no Mixto. Por isso hoje vamos nos reunir e ver quais decisões tomar”, concluiu o dirigente, que estava um tanto quanto irritado ao conceder a entrevista ao Olhar Direto.

13 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • JULIO CESAR
    11 Fev 2020 às 10:26

    está pagando em dias? se estiver, embora!! pq tinha jogadores no sábado jogando campeonato do ralinha e foram jogar o clássico no domingo. mas se não estiver em dias, não adianta cobrar

  • Júnior mixtense
    11 Fev 2020 às 07:23

    Tem que investigar tbm porque ouvi na transmissão do jogo que tem jogadores que moram aqui, jogaram futebol amador no sábado.

  • Jorge Pinto
    11 Fev 2020 às 00:04

    É qual é o problema, são amadores.

  • Revoltado
    10 Fev 2020 às 23:36

    Eu acredito que estão arrumando desculpas pela goleada

  • Julião
    10 Fev 2020 às 23:34

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Marcos
    10 Fev 2020 às 22:12

    Como dizia um técnico tradicional do futebol amador da baixada cuiabana: " REMÉDIO PRA ARANHA, É LIVRO". Vai estudar cambada, para o futebol vcs já viram que não dá...

  • Edson
    10 Fev 2020 às 22:03

    O fato é que o futebol no mixto sempre vai ser a mesma coisa, se mandar embora não vai dar tempo pra montar outro time, aí desculpa vai ser essa. Então se em confirmado o fato, desconta dos salários deles. E coloca todo mundo em severa responsabilidade. Agora o presidente chegar na hora do jogo, fala sério. Falta seriedade no mixto a muito tempo.

  • Beto
    10 Fev 2020 às 21:45

    No sub 20 tem 3 a 5 garotos que jogão muito de oportunidades a quem quer jogar futebol,esse trancas não estão nem ai com a camiseta do mixto.

  • Marcos Oliveira
    10 Fev 2020 às 21:17

    Nada justifica a ausência de um dirigente para acompanhar os jogadores no hotel, mas por outro lado jura que não teve dedo de pessoas ligada a clube adversário para incentivar a festa (e não necessariamente o adversário de ontem)? Se tiver, que esta(s) pessoas seja(m) banida(s) do futebol e junto com ela(s) o clube ao qual está ou estão ligados. Se apertar os atleta envolvidos, sai coelho desse mato.

  • FRANK SABIÁ
    10 Fev 2020 às 19:46

    Se Proceder essa Informação, nós TORCEDORES estamos sendo feitos de Bobos, saímos de casa, pagamos combustível, ingresso , compramos água ou cerveja por preço caro... TOMAMOS DE 4, Por isso a TORCIDA COMANDO ZERO " PROTESTOU", e com razão.

Sitevip Internet