Olhar Direto

Quinta-feira, 02 de abril de 2020

Notícias / Política MT

Emanuel acusa vereador de ir em centro de "macumba" para colocar seu nome "na boca do sapo"

Da Redação - Max Aguiar

19 Fev 2020 - 10:00

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Emanuel acusa vereador de ir em centro de
O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), aproveitou o lançamento de uma obra de rede de esgoto em bairros da região Sul da capital para acusar um vereador da oposição de estar fazendo “macumba” com seu nome.

Leia mais:
Faiad confirma que Emanuel será candidato à reeleição ao Palácio Alencastro

Pinheiro disse que pediu para fotografar, porque o vereador teria sido visto em um centro de macumba, inclusive colocando o nome do prefeito na boca de um sapo. “É tanta gente torcendo pra dar e eu só entregando obra. Eu soube até que ele [vereador] foi visto num centro de macumba, fazendo macumba, viram e ele eu pedi para fotografar. Amarrando meu nome na boca de um sapo”, apontou Emanuel.

Ainda segundo o prefeito, para tal situação ele tem provas. “Fiquei sabendo. Dizem que ele frequenta. Eu tenho prova disso”, comentou o prefeito, ainda dizendo que a “cabeça de alguns vereadores são tão pequenas que cabem a história de Cuiabá”, frisou Emanuel.

Para o gestor, tal motivo do vereador que faz parte do bloco de oposição na Câmara de Cuiabá, seria por conta de um empréstimo que ele estaria tentando para viabilizar obras da capital, que seria em torno de 115 milhões de dólares.

“Só Cuiabá e Belo Horizonte (MG) conseguiram aval para seguir em frente desse empréstimo. Não está feito o financiamento. Nós apenas conseguimos o aval para continuar com o processo. E isso com certeza será para um legado futuro. Mas, a oposição torce pelo quanto pior, melhor”, disse o prefeito.

O evento que Emanuel deu o depoimento aconteceu nesta quarta-feira (19), no bairro Jardim Industriário. Por lá acontecerão obras de ampliação da rede de drenagem de águas pluviais, recapeamento e recomposição asfáltica da Rua 30, no bairro Jardim Industriário.

A intervenção tem o objetivo de solucionar um problema crônico da via, que recebe diariamente um grande fluxo de veículos. Por ter uma estrutura de drenagem antiga, os moradores da região constantemente enfrentam problemas com alagamentos. Além disso, a deficiência no escoamento da água impacta diretamente na aparição de buracos na rua.

O trabalho será coordenado e fiscalizado pela Secretaria de Obras Públicas e executado pela empresa Borges e Junqueira Construções. No total, o Município investe R$ 736.030, para a recuperação completa da rua. Conforme o cronograma, a previsão é de que atuação no local dure cerca de 120 dias.

42 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Carlos Eduardo Corrêa de Lamônica
    21 Fev 2020 às 04:51

    ESSE É O MEU PREFEITO KKKK UMA VERGONHA HEIN MANEZINHO... VC SÓ FALA BESTEIRA... ALÉM DE LADRÃO É DESSIMINADOR DA INTOLERÂNCIA RELIGIOSA... ISSO AÍ É PRA POPULAÇÃO ACORDAR E NÃO TE ELEGER PRA MAIS NADA... A CUIABÁ NÃO É SUA... A CUIABÁ É DOS CUIABANOS E DAQUELES QUE VÊM PRA CÁ FAZER ESSA CIDADE DESENVOLVER E NÃO ROUBA LA COMO O SENHOR O FAZ... HAM E POR FALAR NISSO... SUAS REFORMAS DE PRAÇAS E RUAS SÃO UM VERDADEIRO LIXO... PARECE QUE VC PINTA AS PRAÇAS COM TINTA GUACHE

  • Nilton A. Dias
    20 Fev 2020 às 16:56

    Prefeito Emanuel!! E o Jardim União...???? Quando o Sr. vai dar prosseguimento no asfaltamento do bairro. A rua Irecê,e suas adjacentes,ficam intransitaveis,neste periodo chuvoso, Nem a cavalo voce consegue andar naquelas ruas. Socorro!!

  • Amanda
    20 Fev 2020 às 11:50

    Só gostaria de lembrar o prefeito que intolerância religiosa é CRIME!!! Espero que responda judicialmente.

  • Babalorixa Bosco ty Xango.
    20 Fev 2020 às 09:04

    NOTA DE REPÚDIO: O Ilè Okowoò Asé Ya LominOsà, por meio da figura de seu babalorixá Bosco ty Sango, repudia os apontamentos proferidos pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), a respeito do que foi classificado pelo gestor como “macumba”, na manhã de quarta-feira (19/02). É sabido que as religiões afro-brasileiras - às quais popular e erroneamente se confere a alcunha de determinadas práticas ritualísticas como “macumba” - são constantemente perseguidas e associadas ao mal, ainda que esta classificação não mantenha relação alguma com com os saberes ancestrais defendidos por estes sistemas religiosos. Dessa forma, associar a prática de “fazer macumba” a ações negativas, como foi apontado pelo prefeito, chega a frustrar até mesmo os sonhos do próprio gestor para uma Cuiabá do futuro. Isto se deve ao fato de que este tipo de comportamento em nada altera a situação de violência na qual terreiros e outros espaços de culto afro-brasileiro sofrem por conta da intolerância religiosa, tipificada na Lei 7.716/89.

  • Virgínia Amorim da Silva
    20 Fev 2020 às 08:32

    Coitado do sapinho.............kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Rosi
    20 Fev 2020 às 06:57

    Caramba vcs não postam os comentários né? Sr. Prefeito "monocelha" eu e nem ninguém de minha família votamos no sr.pq o vídeo do dinheiro no paletó da vergonha demais!!! Vai trabalhar, tapar os buracos da cidade q uma hora alguém vai dentro e para de falar da crença dos outros!!!!

  • Mônica
    20 Fev 2020 às 00:03

    Kkkkkkkkkk Não consigo parar de rir!

  • jose
    19 Fev 2020 às 16:54

    Porque vetar um comentário verdadeiro? Se é só para elogiar cinicamente pessoas que não merecem acabem com os comentários, aliás comentário engraçado mas verdadeiro.

  • Jorge Jesus
    19 Fev 2020 às 16:39

    Sou adventista do sétimo dia. Vejo tantos comentários vetados. Povo está com raiva desse prefeitinho..

  • Teresinha Monteiro
    19 Fev 2020 às 16:33

    Emanuel Pinheiro, teve uma fofoca e feia , eu Teresinha conheço o vereador Marcelo Bussiki desce o seu nascimento e sua familia também. Trata-se de uma familia digna e de respeito .Em toda minha vida nunca vi falar desse tipo de conversa na familia . Inclusive ele ea sua familia tem uma casa na aRua Estêvão de Mendonça que era uma conveniência que fora desocupada para ser usada por igreja . Defendo muito essa familia e desconheço esse tipo de atitude . Fica meu repúdio a esse comentário absurdo.

Sitevip Internet