Olhar Direto

Quinta-feira, 02 de abril de 2020

Notícias / Cidades

Chacina em ponto de venda de droga pode estar relacionada a execução filmada

Da Redação - Fabiana Mendes

20 Fev 2020 - 14:41

Foto: Reprodução

Chacina em ponto de venda de droga pode estar relacionada a execução filmada
A chacina que vitimou cinco jovens no bairro Cohab Pôr do Sol, em Nobres ( a 122 quilômetros de Cuiabá), na noite de quarta-feira (19), pode estar relacionada a execução de Clayton Nunes da Silva, com um tiro de espingarda na cabeça no último dia 28 de janeiro. Durante as investigações, a Polícia Judiciária Civil (PJC) conseguiu identificar quatro dos envolvidos e prendeu dois. 

Leia mais:
Criminosos executam homem com tiro de espingarda na cabeça e dois são presos

Equipe da Polícia Judiciária Civil de Nobres, coordenada pelo delegado Henrique Trevisan, está trabalhando para apurar os cinco homicídios. As vítimas foram identificadas como: Daniel dos Santos Costa, 24 anos; Cláudio Rogério Pinto do Nascimento, 19 anos; Jovanilson Pereira da Costa, 17 anos; Weliton da Silva, 23 anos e Thiago dos Santos Siqueira, 20 anos.

Os mortos possuem passagens criminais. Três deles foram localizados do lado de fora da residência, e dois dentro da casa, sendo que alguns ainda apresentavam sinais vitais quando a Polícia Militar chegou ao local. Foram socorridos ao hospital da cidade, mas não resistiram aos ferimentos.

De acordo com o delegado Henrique Trevisan, os homicídios possuem ligação com a morte de Clayton Nunes, morador de Nova Mutum (a 238 km de Cuiabá), encontrado por volta das 7h30 na estrada do Pindura, do dia 28 de janeiro. Além do tiro na cabeça, outros tiros foram efetuados contra a vítima.

Essa morte foi esclarecida e quatro pessoas suspeitas do crime foram identificadas e tiveram as prisões representadas pela Polícia Civil, sendo que duas estão presas. Com base nos elementos colhidos durante as investigações, o delegado constatou que o crime foi motivado por uma rixa entre dois grupos criminosos.

A casa onde ocorreram as mortes foi identificada pela Polícia Civil como um ponto de venda de drogas, sendo apreendidas no local porções de entorpecentes e materiais para embalagem dos ilícitos.

As diligências continuam para identificar os responsáveis pelas mortes. Conforme o delegado, há possibilidade de que os crimes tenham sido cometidos por, pelo menos, três pessoas. A polícia apura ainda que havia uma sexta pessoa na casa que, ao que tudo indica, conseguiu fugir, e é apontado como dono da boca de fumo.

Os corpos dos cinco rapazes foram encaminhados para exames de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) de Cuiabá.
 

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • sandra
    21 Fev 2020 às 08:44

    E pensar que o PT, PC do B, PSB e PSOL defendem a liberação das drogas.

  • marcos
    21 Fev 2020 às 07:42

    Poxa só 5

Sitevip Internet