Olhar Direto

Quinta-feira, 02 de abril de 2020

Notícias / Política MT

Líder aguarda mensagem do Governo para regulamentar criação de tilápias

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

24 Fev 2020 - 14:53

Foto: Rogério Florentino/OD

Líder aguarda mensagem do Governo para regulamentar criação de tilápias
O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), anunciou que aguarda a chegada de uma mensagem ao parlamento que vai regulamentar, definitivamente, a produção de peixes exóticos, especialmente a tilápia, no Estado. O texto está em fase final de elaboração na Casa Civil e a redação será enviada em conformidade com o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado em dezembro do ano passado entre o Ministério Público (MP) e a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

Leia também
Prefeito critica Bolsonaro, elogia Lula e diz que povo de MT não sabe votar


O TAC foi uma alternativa encontrada pelo MP e pela Sema para colocar em vigor uma proposta de Dal Bosco, transformada em lei em janeiro de 2018, para permitir o criatório de peixes exóticos, especialmente a tilápia, em tanques. Após a publicação da lei 10.669/2018, o MP apresentou uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) pedindo a suspensão dos efeitos da norma.

Os promotores entenderam que a criação em planícies colocaria em risco o equilíbrio natural do ecossistema, uma vez que, com enchentes, os peixes exóticos poderiam ter acesso aos rios e destruírem a ictiofauna nativa, já que algumas espécies exóticas são, naturalmente, predadoras.

"O MP, com razão, se preocupou com o meio ambiente, mas também teve sensibilidade para entender que a nossa proposta busca desenvolver a economia mato-grossense e apresentou uma alternativa sustentável, que, particularmente, achei ótima. Pelo TAC, fica permitida a criação de tilápia em locais adequados mediante o licenciamento simplificado da Sema", explicou Dal Bosco.

Se a mensagem for aprovada na Assembleia, passam a vigorar as novas regras que vão constar no texto e a Adin perderá o objeto. "É uma ação conjunta muito importante e que mostra a harmonia entre os poderes. Por isso, esta semana fiz questão de visitar e agradecer, pessoalmente ao procurador-geral do MP, José Antônio Borges, e os promotores da Vara do Meio Ambiente, Ana Luiza Peterlini e Joelson de Campos Maciel e, também, para reforçar a importância do diálogo em conjunto para conseguirmos avançar economicamente de forma sustentável", completou Dal Bosco.

Nos encontros com os promotores, Dilmar Dal Bosco ainda debateu questões institucionais para Mato Grosso ficar integrado com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) da Organização das Nações Unidas (ONU) e com as 169 metas para erradicar a pobreza e promover vida digna para todos. "Foi um bate-papo informal, mas muito produtivo, com sugestões que demos e recebemos para Mato Grosso avançar com responsabilidade", concluiu o parlamentar. (com assessoria)
Sitevip Internet