Olhar Direto

Quinta-feira, 09 de abril de 2020

Notícias / Cidades

Obra de requalificação da Orla do Porto segunda etapa entra na fase principal

Da Redação - Fabiana Mendes

25 Fev 2020 - 14:10

Foto: Luiz Alves

Obra de requalificação da Orla do Porto segunda etapa entra na fase principal
As obras de requalificação da segunda etapa da Orla do Porto, previsto para ser concluído no segundo semestre do ano, estão a todo pavor. Neste momento, os trabalhos estão na etapa de construção do muro de gabião. No local, mais de 30 operários atuam diariamente na execução desta que é considerada a principal fase da obra, já que a estrutura é diretamente responsável pela estabilização do solo.

Leia mais:
Pescador é encontrado morto em lagoa no interior de MT

Conforme o cronograma da Secretaria de Obras Públicas, responsável pela coordenação das atividades, a previsão é de que esse serviço dure pelo menos mais 30 dias. Após a conclusão da edificação do muro, a equipe passa a operar no aterramento da área, seguindo para a construção do calçamento. A requalificação abrange o trecho, às margens do Rio Cuiabá, situado entre a Ponte Júlio Muller e o Cais do Porto.

“Essa é uma obra que, somado a recuperação e embelezamento da área, tem como grande objetivo tornar a orla do rio um local atrativo, potencializando o turismo natural. Para isso, estamos investindo um montante de aproximadamente R$ 3.7 milhões. Esse recurso é, em boa parte, oriundo do Ministério do Turismo, contando com uma contrapartida do Município”, explica o secretário de Obras Públicas, Vanderlúcio Rodrigues.  

O projeto é conhecido como Orla do Porto II e foi elaborado pelo Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (IPDU), abrangendo a execução de uma série de atividades. A ideia é transforma o local em um novo ambiente de integração social, aproveitando-se da valorosa localização do espaço. Aliado a isso, a obra visa o fortalecimento do convívio da população com o Rio Cuiabá, considerado o maior patrimônio ambiental da cidade.

Segundo informações da assessoria de imprensa, ao longo de mais de 600 metros de extensão serão executados os trabalhos de implantação de calçadões para caminhada e contemplação, ciclovia, iluminação, arborização e adequação de acessibilidade. O espaço contará com esculturas de personalidades regionais, área coberta por lonas tensionadas destinadas a feiras locais, espaço com aparelhos para atividades físicas ao ar livre e estacionamento.
 

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • wagner
    25 Fev 2020 às 16:21

    Rio podre, fede esgoto por vola das 18hs fica insuportável o mau cheiro no local e sem falar nos VÁRIOS noiados que por lá ficam.

  • mendigo da rejião
    25 Fev 2020 às 15:26

    poem uns banco na sombra pa nis deita la de boa com os parsa ?

Sitevip Internet