Olhar Direto

Quinta-feira, 09 de abril de 2020

Notícias / Cidades

Briga por dívida gera perseguição a motorista de aplicativo e passageiro morre após ser baleado no rosto

Da Redação - Max Aguiar

26 Fev 2020 - 15:10

Foto: Reprodução

Briga por dívida gera perseguição a motorista de aplicativo e passageiro morre após ser baleado no rosto
Um rapaz de 28 anos foi assassinado com um tiro no rosto na madrugada desta quarta-feira (26), no centro da cidade de Alta Floresta (distante 850 km de Cuiabá), após ser perseguido enquanto andava com um motorista de aplicativo. O crime aconteceu depois de uma discussão na Avenida Lions e teria sido motivado por uma dívida. A vítima e o suspeito tinham uma rixa antiga.

Leia mais:
Dupla obriga irmãos de 10 anos a traficar drogas em Mato Grosso

De acordo com informações da Polícia Militar de Alta Floresta, por volta de meia-noite de terça-feira houve uma discussão no estabelecimento onde a vítima e o atirador são sócios. O motivo seria uma dívida não paga desde 2019.

Após essa discussão, a vítima, identificada como Maicon Cesar Piovesan dos Anjos chamou um motorista de aplicativo e encaminhou-se para casa, porém o autor do homicídio seguiu o veículo fazendo gestos obscenos e xingando o  rapaz.

Próximo ao Lions Clube da cidade o autor do crime fechou o motorista do aplicativo e fez diversas ameaças a Maicon, que desceu do carro e foi revidar os xingamentos. Nesse momento, o suspeito, que estava dentro do carro, sacou um revólver e atirou apenas uma vez, acertando o lado direito do rosto de Maicon. Em seguida ele fugiu.

Após ouvir o disparo o motorista do aplicativo saiu do local pois temia por sua vida e posteriormente acionou a Polícia Militar.

O Corpo de Bombeiros também foi acionado e prestou socorro à vítima levando ao Hospital Regional, mas o rapaz não resistiu aos ferimentos e faleceu durante a madrugada. O suspeito não foi localizado até o momento.

No estabelecimento onde começou a briga, a PM foi informada por funcionários e pela sócia do comércio que a vítima teria causado tumulto sobre uma conta e que teria ofendido a ofendido verbalmente.

Conforme a sócia, a vítima e o suspeito já tinham mantido uma discussão pelo mesmo motivo, inclusive com registro de ocorrência em outra oportunidade. A Polícia Civil está nas buscas pelo criminoso. Ele já foi identificado, mas o nome não foi confirmado.

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Tico Tico na Sala
    28 Fev 2020 às 08:42

    kkk....Agora é q ele NÃO paga mais....rs

  • Exorcista
    27 Fev 2020 às 21:00

    Vera...como falava minha vó boca fechada não entra mosquito.

  • Klaus
    26 Fev 2020 às 20:00

    A redação deveria pelo menos ter divulgado o nome do aplicativo. Se for aquele genérico que não oferece nenhuma segurança ao passageiro aí tá explicado.

  • Gumercindo do Dom Aquino
    26 Fev 2020 às 16:49

    Ainda se resolve as questões na bala. Eta povinho que não evolui nunca. Mais uma tragédia que poderia ter sido evitada. Muito triste ....

  • Luiz Ricardo
    26 Fev 2020 às 16:37

    Na materia nem fala se a pessoa tinha o porte de arma para estar com ela na rua, o analfabetismo de algumas pessoas é a pior arma, você não quer uma arma registrada é um direito seu porém não atrapalhe os que querem ter.

  • Luiz
    26 Fev 2020 às 16:35

    Alô Vera, vira o disco minha filha, o que tem a ver uma coisa com a outra? Quando se quer matar, qualquer coisa vira arma, até mesmo uma retroescavadeira né.

  • Vera
    26 Fev 2020 às 15:53

    Então vamos armar a população como gostam os bolsominions..

Sitevip Internet