Olhar Direto

Notícias / Cidades

Jovem é acusado de chutar e cuspir no rosto de enfermeira

Da Redação - José Lucas Salvani

23 Mar 2020 - 17:56

Foto: Reprodução

Jovem é acusado de chutar e cuspir no rosto de enfermeira
Um jovem, de 26 anos, foi acusado de chutar e cuspir no rosto de uma enfermeira no Hospital Regional de Sinop (a 478 km de Cuiabá), no último domingo (22). Foi necessário o uso de um maca para conter o homem, que foi encaminhado ao hospital pelo Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT).

Leia mais:
Festa de aniversário de 82 anos é fechada por aglomeração de 40 pessoas

Não há informações de como ou porquê os ataques à profissional de saúde se iniciaram ou se ela precisou passar por qualquer procedimento médico devido as agressões. O caso deve ser investigado pela Polícia Judiciário Civil (PJC) e a vítima deve passar por um exame de corpo de delito.

Em janeiro deste ano, outros dois enfermeiros também sofreram agressões ou passaram por constrangimentos por causa de pacientes. No dia 9, um enfermeiro de 37 anos foi agredido com socos e pontapés por uma paciente de 22 anos. Na versão da vítima, a mulher teria também rasgado sua roupa.

Já no dia 28 do mesmo mês, uma mulher foi presa no Hospital Municipal de Santo Antônio do Leverger após desacatar e utilizar xingamentos para se dirigir ao enfermeiro que coordenava a equipe de plantão. A Polícia Militar foi acionada pelo próprio enfermeiro. A suspeita resistiu à prisão e precisou ser algemada.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Velho Chico
    24 Mar 2020 às 09:57

    Eu entendo que se a pessoa é exigente e se quiser ter um tratamento vip, é só fazer um plano de saúde. Porque ninguém deve estar à mercê de mauricinhos e patricinhas, não.

  • nonato
    23 Mar 2020 às 21:28

    absurdo enfermeira ser agredida ou qualquer outro profissional da saude,,,cd o respeito pelo profissional q tanto se dedica

Sitevip Internet