Olhar Direto

Notícias / Cidades

Médica é ouvida na Polícia Civil após compartilhar áudio com informação falsa sobre coronavírus

Da Redação - Max Aguiar

24 Mar 2020 - 09:52

Foto: Rogério Florentino - Olhar Direto

Médica é ouvida na Polícia Civil após compartilhar áudio com informação falsa sobre coronavírus
Uma médica pediátrica foi ouvida na Gerência de Combate a Crimes de Alta Tecnologia (Gecat) após repassar um áudio sobre casos falsos de coronavírus em Mato Grosso. Ela afirmou à Polícia Civil que repassou a mensagem sem confirmar a procedência do áudio, porém, disse que sua intenção não foi propagar o pânico, mas, apenas alertar sua família acerca da gravidade da pandemia.

Leia mais:
Secretário de Saúde atualiza dados e sobe para 6 o número de casos de Covid-19 confirmados em MT

Conforme o delegado da Gecat, Eduardo Botelho, todas as informações recebidas estão sendo checadas mediante informações repassadas pelos órgãos oficiais do Estado e, havendo discrepância, a pessoa responsável pelo áudio será notificada para prestar os devidos esclarecimentos.

"Esta será a conduta padrão da Gecat em relação aos casos semelhantes, sendo possível inclusive a responsabilização criminal dos autores", alertou o delegado Eduardo Botelho.

Ainda segundo o delegado, as mensagens "fake news" mencionam dados inverídicos sobre pessoas contagiadas pelo coronavírus, o que coloca em descrédito o os órgãos oficiais do estado como um todo.

A Polícia Civil de Mato Grosso permanece atuando para combater e reprimir 'fake news', assim como comportamentos delitivos que, porventura, desobedecerem a determinações sanitárias e de saúde, determinadas pelas autoridades, para se evitar ainda mais a disseminação da pandemia do coronavírus.

A Gecat alerta ainda que a população deve buscar informações pelos órgãos oficiais como o Ministério da Saúde e a Secretaria de Saúde do Estado sobre as orientações e dados em relação ao coronavírus.

Denúncias sobre materiais "fake news" (áudio ou vídeo) podem ser feitas pelo telefone (65) 99973-4429 ou enviar mensagem eletrônica no e-mail: http://gecat@pjc.mt.gov.br

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • joana
    24 Mar 2020 às 14:39

    que absurdo. com a palavra o CRM... por falar nele qual é a opinião sobre a medica que atropelou, matou e fugiu?

  • Fernanda
    24 Mar 2020 às 14:33

    E o áudio do promotor Alexandre que confirma.duas mortes por coronavirus no Júlio Muller? Procede a informação?

  • Luis
    24 Mar 2020 às 10:50

    Autoridades de MT! Vamos acelerar nos testes de casos suspeitos e prestar melhores informações à população.

Sitevip Internet