Olhar Direto

Sexta-feira, 03 de abril de 2020

Notícias / Política MT

Deputados decidem cortar VI e economizar combustível, diárias e passagens para ajudar a combater o coronavírus

Da Redação - Max Aguiar

23 Mar 2020 - 20:26

Foto: Rogério Florentino - Olhar Direto

Deputados decidem cortar VI e economizar combustível, diárias e passagens para ajudar a combater o coronavírus
Os 24 deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso se reuniram em caráter emergencial na tarde/noite desta segunda-feira (23) para decidir de que maneira o Poder Legislativo iria ajudar o Governo do Estado a combater o coronavírus.

Leia mais:
Secretário de Saúde atualiza dados e sobe para 6 o número de casos de Covid-19 confirmados em MT

De acordo com vídeo publicado nas redes sociais pela deputada Janaina Riva (MDB), ficou decidido que nos próximos meses, até a diminuição da pandemia no Brasil, a Casa de Leis irá cortar verba indenizatória dos parlamentares, gastos com gasolina e outros.

“Fiou decidido que vamos ajudar o governo a combater o coronavírus. Em reunião feita em caráter emergencial, ficou decidido que haverá economias na Casa para que esse dinheiro seja destinado ao combate do vírus. Será economizado verba indenizatória, gasolina, passagens, diárias, tudo isso será economizado para o que seja revertido em combate ao coronavírus”, disse a deputada.

Vale ressaltar que cada deputado tem direito a R$ 65 mil de Verba Indenizatória, uma caminhonete Amarok a dispor do gabinete e R$ 15 mil de combustível por mês. 

Os parlamentares, além de concordar com o que foi proposto pelo deputado Eduardo Botelho, presidente da AL, ainda exigiram que parte desse dinheiro economizado seja destinado ao interior, para que as cidades longínquas da capital possam sentir que todo Mato Grosso está sendo ajudado.

“A prioridade nesse momento é auxiliar o Poder Executivo. Uma das cobranças é que o interior possa sentir através de novos leitos de UTIs e equipamentos necessários para combater o coronavírus”, concluiu Janaína.

Na tarde desta segunda-feira (23), o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo disse em coletiva on line que Mato Grosso tem seis casos de coronavírus confirmados, sendo 5 em Cuiabá e um em Várzea Grande. Os dois casos de Rondonópolis ainda estão sendo investigados.

16 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jose
    24 Mar 2020 às 10:38

    Dos 25 Nobres deputados tem uns 23 envolvidos em Maracutaia..E cortar por 06 meses os salarios deste malandros bom de labia da para pagar a crise..Ahh tambem pegar os ex Deputados todos tem grana boa

  • Elda Mariza Valim Fim
    24 Mar 2020 às 09:53

    Perceberam que não foi dito quanto vai ser economizado? Dos 65 mil cada um quanto vai pra saúde? Subestimam a inteligencia do cidadão.

  • Pedro
    24 Mar 2020 às 09:04

    A medida mais sensata para mim é diminuir o duodécimo da Assembleia e do Tribunal de Contas do Estado em pelo menos 40% . Fazer média com dinheiro público é fácil. É mais, na atual circunstância, deveria acabar com todas as verbas indenizatórias, sem a devida prestação de contas, no Estado de Mato Grosso, que visam tão somente burlar o teto constitucional. É a minha opinião.

  • Galdencio
    24 Mar 2020 às 09:02

    Aproveitar e revogar a indecência do aumento para os "astros" do famigerado TCE e seus cupinchas.

  • VARZEAGRANDENSE
    24 Mar 2020 às 08:50

    TEM QUE DIMINUIR O NÚMERO DE DEPUTADOS E VEREADORES BAIXAR SEUS SALÁRIOS, VERBAS, APOSENTADORIAS ,URGENTE

  • Teka Almeida
    24 Mar 2020 às 08:42

    Os duodécimos deveriam a partir de agora ser apenas a soma dos salários (sem nenhum penduricalho), média de gastos de água e luz (uma vez que estão fechados não terão gastos exorbitantes), cortar tudo que auxilio desde paletó a aluguel. Pois o problemas além de ser pela situação que estamos passando ficará pior depois que tudo se normalizar. Desemprego batendo altos índices e que Deus nos livre de morte por fome. Acredito que os Deuses e Semi Deuses (PODERES) deveriam colocar os pés nos chão e assumir a responsabilidade de que também devem COOPERAR.

  • Pedro Mota
    24 Mar 2020 às 08:30

    Senhores Deputados, não venham agora com estes cortes fazerem políticas. Saibam que este dinheiro gasto com mordomias e safadezas pertence, na verdade, ao povo de Mato Grosso, e os Senhores diante do poder que o cargo os legalizam (Legislativo) Criam Leis em benefício próprio. O povo brasileiro está na situação que se encontra, graças ao poder legislativo, pois é esta classe que legisla, ou seja, dita as normas que a nação vai ter que cumprir.

  • Rafael
    24 Mar 2020 às 06:20

    Vale ressaltar que cada deputado tem direito a R$ 65 mil de Verba Indenizatória, uma caminhonete Amarok a dispor do gabinete e R$ 15 mil de combustível por mês. PUTA QUE PARIU - por onde está ralando nosso dinheiro dos impostos - é uma farra mesmo

  • nelson
    24 Mar 2020 às 02:23

    mais uma vez cortesia com o chapeu alheio, irão economizar o dinheiro que é do povo, isso deveria ser obrigação e não motivo de midia, eita Brasil

  • Rocha
    24 Mar 2020 às 01:15

    Mas se eles estão de quarentena e não estão trabalhando óbvio que não vão receber !! Não é nenhuma bondade deles.

Sitevip Internet