Olhar Direto

Quinta-feira, 28 de maio de 2020

Notícias / Cidades

“A justiça será feita nos anos de cadeia”, diz sargento após prisão de homem que estuprou e matou sua mãe

Da Redação – Fabiana Mendes

30 Mar 2020 - 11:30

Foto: Reprodução

“A justiça será feita nos anos de cadeia”, diz sargento após prisão de homem que estuprou e matou sua mãe
“A justiça será feita nos anos de cadeia”. Essa é a fala do sargento Vidal, após a prisão do acusado de estuprar e matar Salvina Vidal, de 74 anos, mãe do militar. O crime ocorreu no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, em Lucas do Rio Verde (350 km de Cuiabá), onde a vítima morava.

Leia mais:
Pastor e esposa são presos por negar interrupção de culto e incitar fieis a avançar na PM

Em publicação no Facebook, o suplemente de vereador cobrava a prisão de Adevanir Ferreira da Silva, localizado e detido por uma equipe policial na cidade de Santiago do Norte, na manhã da última sexta-feira (26). “Me ajude a encontrar ele, toda informação será bem recebida”, dizia.

A idosa, conforme a Polícia Civil, tinha o costume de sair de casa para fazer caminhada todos os dias pela madrugada. No dia do crime, ela teria sido perseguida por um homem. O corpo da vítima foi encontrado sem roupas em um terreno baldio, ao lado da residência onde morava, na rua José de Anchieta. 

"Agora é só superar o acontecido. Tenho recebido muito apoio nas redes sociais. Agradeço demais pelas pessoas que estão se manifestando, mandando carinho", disse o defensor da causa animal em recente entrevista ao Olhar Direto

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Xavier
    30 Mar 2020 às 17:01

    Daqui pra frente basta aplicar três doses de borduna às 06 hs as 12 hs e 18 hs. Vai ajudar a pensar sobre os valores da vida.

  • Chico Bento
    30 Mar 2020 às 16:37

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Dudu
    30 Mar 2020 às 14:21

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Lovato
    30 Mar 2020 às 13:24

    Eu tbm não aguentaria uma situação dessas e sem dúvidas faria justiça com as próprias mãos... Estuprador e homicida não é ser humano para ter reabilitação. Força a essa família , pois se for contar com a justiça irá se decepcionar. INFELIZMENTE essa é a realidade da nossa lei penal.

  • Luh
    30 Mar 2020 às 13:11

    Rubens.... pode ter certeza que não chega à tanto tempo assim! provavelmente será encontrado enforcado na cela.

  • Zeca
    30 Mar 2020 às 13:07

    Somente a pena de morte amenizaria a dor dos familiares dessa pobre senhora. Para certos tipos de crime, precisamos da pena de morte.

  • joão ninguém
    30 Mar 2020 às 12:41

    Não é fácil ser forte, tomar atitude de rei, mas é por ai, muita força.

  • socó baleado
    30 Mar 2020 às 12:18

    RUBENS TADEU REYNAUD , nem os bandidos que estão presos admitem esse tipo de crime, se não for morto vai virar mocinha lá na cadeia igual aquela que o fantastico mostrou com o Drauzio Varela. e se tornar vitima posteriormente.

  • Rubens Tadeu Reynaud
    30 Mar 2020 às 11:57

    Sou a favor da pena de morte neste tipo de crime. Mas não com injeção letal igual sacrifício de cavalo e sim a força e transmitido ao vivo pela televisão. Mas o que me deixa triste é que este vagabundo em 5 anos será solto. Se isto acontecer aconselho o filho da vítima ir atrás e fazer justiça com as próprias mãos.

Sitevip Internet