Olhar Direto

Quinta-feira, 28 de maio de 2020

Notícias / Cidades

PM morre quatro meses após ser diagnosticado com câncer

Da Redação – Fabiana Mendes

04 Abr 2020 - 14:25

Foto: Reprodução

PM morre quatro meses após ser diagnosticado com câncer
O soldado da Polícia Militar, Dirceu Batista Gomes Filho, de 26 anos, morreu na madrugada deste sábado (04), em Cuiabá, vítima de câncer.  Ele havia recebido o diagnostico em dezembro do ano passado. O Comando Geral da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso lamentou a morte do jovem.   

Leia mais:
Mapeamento mostra 16 bairros de Cuiabá com casos de Covid-19; crescimento diário de 25%

Segundo informações da PM, em dezembro de 2019, Batista foi diagnosticado com leucemia. No último dia 25 de março, o policial foi internado em um hospital particular com insuficiência respiratória, chegou a ser entubado e estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).  

Neste sábado, por volta das 3h da manhã, Batista sofreu uma parada cardíaca e não resistiu. O policial recebia doação de plaquetas e necessitava de um transplante de medula óssea.

O corpo do policial será encaminhado para a cidade de Cáceres e será enterrado no Cemitério da Paz. Não haverá velório e nem cerimônia militar atendendo as medidas emergenciais de saúde em decorrência da pandemia da Covid-19.

A luta do militar contra o câncer sensibilizou diversos colegas de farda de todo o Estado. Para dar força ao amigo, os policiais chegaram a raspar o cabelo para homenagear Batista, que estava passando por sessões de quimioterapia e também chegaram a promover campanhas nas unidades para conseguir bolsas de sangue para o  tratamento do militar.

Nascido na cidade de Matupá, soldado Batista ingressou nas fileiras da PM em 2015. Serviu a sociedade por meio do ofício militar nas cidades de Juína e recentemente pertencia ao 7º Comando Regional de Tangará da Serra, unidade que lhe proporcionou realizar o seu sonho de pertencer ao pelotão de Força Tática da PM.   

Era casado com Anna Paula Santos Pereira  e não tinha filhos. “A PM externa os pêsames aos familiares, amigos e seus colegas de farda pela irreparável perda”, lamentou a Instituição.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • João
    05 Abr 2020 às 10:57

    Que Deus lhe dê descanso e paz.

  • Resposta a Marcinho
    05 Abr 2020 às 10:22

    A escolta para para ele faz horas não fala besteira. Daqui a pouco tem outro no lugar dele.

  • Paulo escorpião
    05 Abr 2020 às 09:05

    Só deus é conhecedor do coração de um policial, por isso com certeza você está nos braços de Deus neste momento, um dia todos nós vamos nos encontrar no céu para a formatura geral onde o comandante é jesus Cristo. Descanse em paz guerreiro.

  • Marcinho
    04 Abr 2020 às 19:45

    Luto na Caserna.....a Escolta não pode parar.....

  • JOÃO FERNANDES DE SOUZA
    04 Abr 2020 às 18:05

    QUE DEUS CONFORTE OS CORAÇÕES DOS FAMILIARES. PUDE SENTIR A AGRESSIVIDADE DESSA DOENÇA QUANDO SERVIA EM CÁCERES, QUANDO PERDEMOS UM POLICIAL MILITAR, TENTAMOS FAZER DE TUDO PARA BUSCAR UM TRATAMENTO PARA SALVÁ-LO, MAIS DE NADA ADIANTOU. TAMBÉM PERDI MEU PAI COM ESSA DOENÇA. MAS TEMOS QUE ENCONTRAR FORÇAS E SEGUIR EM FRENTE. PÊSAMES AOS FAMILIARES.

  • Gumercindo do Dom Aquino
    04 Abr 2020 às 15:33

    Infelizmente temos que aceitar a morte desse guerreiro. A perda de um soldado que combatia o crime nos deixa muito tristes. Que Deus console a sua família e também dos amigos e colegas da corporação. Lamentável ...

Sitevip Internet